Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/32640

TitlePercepção de abuso a pessoas idosas e níveis de empatia
Other titlesPerception of elder abuse and levels of empathy
Author(s)Nascimento, Miguel Ângelo Peixoto Botelho do
Advisor(s)Alves, José Ferreira
Grace, Randolph
KeywordsAbuso contra pessoas idosas
Empatia
Índice de reactividade interpessoal
Cenários de abuso a pessoas idosas
Elder abuse and neglect
Empathy
Interpersonal reactivity index
Elder abuse scenarios measure
Issue date2014
Abstract(s)Os objectivos deste estudo foram os seguintes: a) Descrever a percepção de abuso a pessoas idosas, bem como o quanto justificáveis poderiam ser considerados certos comportamentos abusivos dos seus prestadores de cuidados; b) determinar o quanto a empatia estaria associada ou/e poderia predizer as percepções de abuso ou a justificação do comportamento abusivo. Participaram 109 indivíduos, 81 dos quais (74,3%) do sexo feminino e 27 (24,8%) do sexo masculino com idades entre os 19 e 86 anos (M =34,18; DP = 12,39) responderam a um questionário sociodemográfico, ao Índice de Reatividade Interpessoal (Davis, 1983, com versão de investigação de Ferreira-Alves, Nascimento, Cardeira, Campos, Arantes, e Grace, 2012) e aos “Cenários de Abuso a Pessoas Idosas” (CAPI) (Moon e Williams, 1993 com versão de investigação Portuguesa de Ferreira-Alves, Nascimento, Campos, Rebelo, Arantes, e Grace, 2012). Os resultados mostraram uma relação inversa entre a percepção de Abuso e Justificação dos atos abusivos; revelam também uma associação positiva entre a idade e a perceção de abuso; Três dimensões da empatia revelaram-se significativas na predição de 25% da variância da perceção de abuso, enquanto na predição da justificação do abuso apenas a tomada de perspetivas se revelou significativa, predizendo 12% da variância da justificação.
The objectives of this study were: a) To describe the perceived abuse of elder adults, as well as how justifiable could be considered certain abusive behaviors by their caregivers; b) to determine how empathy would be associated or/and could predict the perceptions of abuse or justification of the abusive behavior. 109 participants, 81 of whom (74.3%) females and 27 (24.8%) were males aged between 19 and 86 years (M = 34.18, S.D. = 12.39) responded to a sociodemographic questionnaire, the Interpersonal Reactivity Index (IRI) (Davis, 1983, with Portuguese research version of Ferreira-Alves, Nascimento, Cardeira, Campos, Arantes, & Grace, 2012) and Elder Abuse Scenarios Measure (Moon and Williams, 1993 with Portuguese research version of Ferreira-Alves, Nascimento, Campos, Rebelo, Arantes, & Grace, 2012). Results showed an inverse association between perception of abuse and justification for the abusive acts. There was also a positive association between age and perception of abuse. Three dimensions of empathy were significant predictors of 25% of perception of abuse variance when age was controlled with perspective taking as the main predictor; in the prediction of the justification for abusive acts we just found as predictor the “perspective taking” with 12% of justification variance explained.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Clínica e da Saúde)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/32640
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Miguel Ângelo Peixoto Botelho do Nascimento.pdf1,76 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID