Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/30667

TitleScreening for HIV/AIDS : public health and motivations of quick test users in Northeast Portugal
Other titlesA despistagem do VIH/sida: saúde pública e motivações dos utentes do teste rápido no Nordeste de Portugal
Author(s)Ribeiro, Fernando Bessa
Sacramento, Octávio
KeywordsSexual risk behaviors
HIV/Aids
Information
Anonymity
Quick test
Comportamentos sexuais de risco
VIH/sida
Informação
Anonimato
Teste rápido
Issue date2014
PublisherUniversidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
JournalSaúde e Sociedade
Abstract(s)The article examines the adherence of citizens to the quick test for HIV in the Counseling and Early Detection of HIV/AIDS Center (CAD), in the city of Bragança (Northeast Portugal). Specifically, it seeks to examine the role of a fast diagnosis in the fight against AIDS within the Portuguese public health system, to understand the circumstances underlying the demand for the service and to interpret the perceptions and practices of CAD users. In terms of methodology, it was a case study based on ethnographic inquiry, linking direct observation, informal conversations and interviews, which was associated with extensive documental and statistic research. The results obtained allow us to state that the quick test gave a very positive contribution to the fight against HIV/AIDS infection, facilitating citizen access to knowledge of their serological status almost instantly and improving their follow-up by health technicians. The so-called “dissipation of uncertainty”, following sexual risk behavior, is the main reason that leads users to perform a quick test.
O artigo analisa a adesão dos cidadãos ao teste rápido de despistagem do VIH no Centro de Aconselhamento e Deteção Precoce do VIH/sida (CAD) da cidade de Bragança (Nordeste de Portugal). Em concreto, procura-se examinar o papel do diagnóstico rápido na luta contra a infeção pelo VIH/sida no quadro do sistema público de saúde português, compreender as circunstâncias subjacentes à procura do serviço e interpretar as percepções e práticas dos utentes do CAD objecto desta pesquisa. Em termos metodológicos, tratou-se de um estudo de caso assente em inquirição etnográfica, articulando observação direta, diálogos informais e entrevistas, a que se associou uma extensa pesquisa documental e estatística. Os resultados apurados permitem afirmar que o teste rápido proporcionou um contributo muito positivo para a luta contra a infeção pelo VIH/sida, facilitando o acesso dos cidadãos ao conhecimento praticamente imediato do seu estado serológico e melhorando o seguimento destes por parte dos técnicos de saúde. A chamada “dissipação da incerteza”, na sequência de uma situação de risco, é o principal motivo que leva os utentes a realizar o teste rápido.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/30667
DOI10.1590/S0104-12902014000200012
ISSN0104-1290
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:DS/CICS - Artigos em Revistas Internacionais/Articles in International Journals

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ribeiro e Sacramento - VIH - Saúde e Sociedade - Inglês.pdfScreening for HIV/AIDS: public health and motivations of quick test users in Northeast Portugal119,4 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID