Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/30581

TitleSatisfação no trabalho e empenhamento organizacional : o caso dos professores do Comando da Aeronáutica no Brasil
Other titlesJob satisfaction and organizational commitment : the case of teacher at the Air Force Command in Brazil
Author(s)Silva, Marcus Márcio Xavier da
Advisor(s)Santos, Gina Maria Gaio dos
KeywordsSatisfação no trabalho
Empenhamento organizacional
Instituição de ensino militar
Docentes ensino superior
Job satisfaction
Organizational commitment
Military training institution
Higher education teachers
Issue date2014
Abstract(s)Este estudo teve como objetivo geral identificar os fatores que influenciam na satisfação no trabalho do professor numa Instituição de Ensino Militar da Força Aérea e suas consequências a nível de empenhamento organizacional. Foram identificados fatores positivos e negativos da satisfação no trabalho dos docentes na Academia da Força Aérea (AFA), relacionados com as dimensões da escala Job Satisfaction Survey (JSS) de Spector (1985), bem como sua correlação enquanto antecedente do empenhamento organizacional, abordada pela ótica do modelo das três componentes proposto por Meyer e Allen (1997), identificando os laços afetivo, normativo e instrumental. A literatura na área não é unânime quanto à significância da associação entre satisfação no trabalho e empenhamento organizacional, pelo que este estudo pretende dar um contributo nesse sentido. A metodologia aplicada neste estudo foi do tipo descritivo-exploratório com o recurso à utilização de métodos mistos de coleta de dados, através da aplicação de entrevistas por grupo de foco, tendo sido realizadas três grupos de foco com seis docentes cada um e aplicado um inquérito por questionário, obtendo-se a amostra de 91 respostas válidas ao universo de 107 docentes. Os dados colhidos das entrevistas e dos questionários são interpretados e analisados, através de análise de conteúdo temática, no primeiro caso, e análise estatística descritiva, no segundo caso. Os resultados encontrados confirmam que a população em estudo possui mais fatores negativos (recompensas contingenciais, colegas de trabalho, condições de trabalho e comunicação) do que positivos (remuneração e natureza do trabalho) quanto a satisfação no trabalho, devido a diversas situações tais como o reconhecimento, valorização, excesso de serviços burocráticos, disciplina do cadete, estabilidade, regras, conflitos, dentre outros. Assim mesmo, o docente gosta e quer permanecer na AFA, com lealdade, dever e obrigação com a AFA e com seus colegas, evidenciando um forte laço afetivo e normativo, seguidos de um moderado laço instrumental. Investigações anteriores foram corroboradas e refutadas perante as variáveis estudadas. Ratificou-se o entendimento de que fatores positivos e negativos da satisfação no trabalho podem influenciar na satisfação no trabalho do docente desta Instituição de Ensino Superior, bem como, mesmo não havendo correlação significativa, a satisfação do docente da AFA pode anteceder o empenhamento organizacional perante as dimensões apresentadas.
This study's main objective was to identify the factors that influence Teachers’ job satisfaction at an Air Force Military Training Institution and its consequences in terms of organizational commitment. Positive and negative factors of teachers’ job satisfaction at the Air Force Academy (AFA), related to the dimensions of Spector’s (1985) Job Satisfaction Survey (JSS) scale were identified, as well as its correlation as a predecessor of organizational commitment, addressed from the perspective of the model’s three components proposed by Meyer and Allen (1997), identifying the affective, normative and instrumental ties. The literature in this area is not unanimous as to the significance of the association between job satisfaction and organizational commitment, therefore this study aims to make a contribution. The methodology used in this study was a descriptive and exploratory approach with the use of mixed methods of data collection, through the application of focus group interview. Three focus groups were conducted with six teachers each and an inquiry per questionnaire was applied, obtaining a sample of 91 valid responses in a universe of 107 faculty members. The data collected from interviews and questionnaires is interpreted and analyzed through thematic content analysis in the first case, and descriptive statistics, in the second case. Results confirmed that the population under study has more negative factors (contingent rewards, coworkers, working conditions and communication) than positive (pay and nature of work) regarding job satisfaction due to various situations such as recognition, appreciation, excessive bureaucratic services, cadet discipline, stability, rules, conflicts, among others. Even so, the teacher likes and wants to stay at AFA, with loyalty, duty and obligation to the AFA and colleagues, showing a strong affective and normative bond, followed by a moderate instrumental bond. Previous investigations have been corroborated and refuted before the variables studied. The understanding that positive and negative factors of job satisfaction can influence the teachers’ job satisfaction at this institution of higher education was ratified, as well, even with no significant correlation, the AFA faculty member’s satisfaction may precede the organizational commitment in light of the dimensions shown.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Estudos de Gestão
URIhttp://hdl.handle.net/1822/30581
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcus Márcio Xavier da Silva.pdf
  Restricted access
9,21 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID