Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/30534

TitleImplicações do contexto político-legal para o lançamento de novas iniciativas sociais em Portugal
Other titlesImplications of political-legal environment for the launch of new social ventures in Portugal
Author(s)Bernardino, Susana
Santos, J. Freitas
KeywordsContexto externo
Ambiente político-legal
Empreendedorismo social
Desenvolvimento regional
External environment
Political-legal environment
Social entrepreneurship
Regional development
Issue date2014
PublisherUniversidade do Minho. Núcleo de Investigação em Políticas Económicas (NIPE)
Abstract(s)O propósito deste artigo é compreender se a existência de um ambiente político-legal favorável pode influenciar o lançamento de novas iniciativas de empreendedorismo social em Portugal. A investigação adota uma metodologia quantitativa. Os dados primários foram recolhidos através de um inquérito por questionário, on-line, enviado aos responsáveis que estiveram na base da constituição das Organizações Não-Governamentais de Cooperação para o Desenvolvimento existentes em Portugal, bem como aos responsáveis pelos projetos, que à data do inquérito, se encontravam cotados na Bolsa de Valores Sociais. No teste das hipóteses de investigação foram utilizadas técnicas de análise descritiva, técnicas de redução de dados (análise fatorial por componentes principais), e o teste t-student. Os resultados revelaram que um ambiente político-legal favorável tem uma importância baixa na decisão de lançar uma nova iniciativa social. Os resultados obtidos encontram suporte para o facto de muitos empreendedores sociais tenderem a localizar as suas atividades em ambientes político-legais desfavoráveis, contribuindo deste modo para a atenuação das assimetrias sociais e económicas entre as regiões do território nacional.
The purpose of this paper is to understand whether a favorable political-legal environment influences the launch of new social ventures in Portugal. A quantitative approach is used in the study, and primary data were collected through an online survey. A questionnaire was emailed to both Portuguese Non-Governmental organizations, and projects valued on the Portuguese social stock exchange. In the analysis of the data were used descriptive statistics, factorial analysis and t-student tests to validate (or not) the research hypothesis. The results show that a favorable political-legal environment has a low importance in the decision to develop a new social initiative. Besides, this conclusion supports the idea that many social entrepreneurs can emerge even in developing regions where the political-legal environment is weak. Therefore, social entrepreneurship could be an instrument of regional development and contribute to attenuate the social and economic differences among Portuguese regions.
TypeWorking paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/30534
Publisher versionhttp://www.nipe.eeg.uminho.pt/Uploads/NIPE_WP_14_2014.pdf
Peer-Reviewedno
AccessOpen access
Appears in Collections:NIPE - Documentos de Trabalho

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NIPE_WP_14_2014.pdfNIPE WP-14/2014843,27 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID