Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/30477

TitleO perfil social dos jornalistas: uma análise do uso do Facebook nos jornalistas portugueses
Other titlesThe journalist's social profile: an analysis of Facebook usage in Portuguese journalists
Author(s)Silva Filho, Francisco Conrado Araújo
Advisor(s)Santos, Luís António
KeywordsRedes sociais
Facebook
Jornalismo
Perfil online
Medias sociais
Social network
Journalism
Online profile
Social media
Issue date2014
Abstract(s)O presente estudo visa elucidar algumas das questões relacionadas com os processos e transformações por que tem passado a profissão do jornalista ao longo dos últimos anos. Visto que a presença online é uma marca definidora dos tempos que correm, procuramos, neste estudo, identificar de que modo o jornalista gere o seu perfil online. Será a rede social uma extensão do local de trabalho, servindo como aporte na busca por informação e fontes? Este questionamento levar-nos-á a analisar quais são os pressupostos deste modelo ao mesmo tempo em que procuramos definir qual o perfil dos jornalistas em rede, nos quesitos de utilização, interação e profissionalização. Através da análise do perfil público, nas redes sociais do Facebook de vinte jornalistas, oriundos de quatro jornais generalistas portugueses diferentes (Público, Jornal de Notícias, Correio da Manhã e jornal i) procuramos identificar de que modo se apresentam, interagem e utilizam as redes sociais em questão. Para esse fim, realizamos uma análise de conteúdo por intermédio de uma grelha ad hoc. Serão estes perfis mais voltados ao âmbito profissional ou ao privado/familiar? Podemos apontar como resultados principais termos encontrado um desequilíbrio entre o uso pessoal e profissional do Facebook, por parte dos jornalistas, como também observamos que os jornalistas apresentam características de grupo pouco definidas, ao contrário do que as investigações de autopercepção estudadas parecem indicar.
The present study aims to elucidate some questions related to the process and transformations by which the journalist profession has suffered in the last few years. Since the online environment is a staple of the present days, at least for the time being, we try to identify in which way the journalist manages his presence online. Would it be the social media an extension of the workplace, serving as support in the search for sources and information? These questions lead us to analyze which are the presuppositions of this model and, at the same time, help us to draw a profile of the Portuguese journalists nowadays. Through the scrutiny of the online profile of twenty journalists, coming from four Portuguese daily newspapers (Público, Jornal de Notícias, Correio da Manhã e Jornal i), we aim to identify how do they introduce themselves, how do they interact and use the Facebook. We’ll use a grid ad hoc to achieve this goal. Would it be these profiles more associated with the professional or private use? The main findings are that apparently exist an unbalance between the private and the professional usage of the Facebook by the journalists. Also, we identified that the journalists do not have any pattern of behavior in a manner that could be described as a group behavior, in contrary to the findings presented in other studies.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Ciências da Comunicação (área de especialização em Informação e Jornalismo)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/30477
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CECS - Dissertações de mestrado / Master dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Francisco Conrado Araújo Silva Filho.pdf3,31 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID