Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/29950

TitleThe long-term performance of private equity-backed IPOs: evidence from the United States
Other titlesDesempenho a longo-prazo após a IPO de empresas patrocinadas por fundos de investimento private equity : evidência dos Estados Unidos
Author(s)Costa, Luís Pedro Sousa Braga da
Advisor(s)Rodrigues, Artur
KeywordsPrivate equity
IPO
Long-term performance
Event-time
Calendar-time
Desempenho a longo prazo
Issue date2014
Abstract(s)The long-term post-IPO performance is a widely discussed topic in finance. In contrast to general evidence that IPOs underperform the market, private equity-backed IPOs seem to challenge that rule. The main goal of this study is to evaluate and compare post-IPO performance of private equity-backed IPOs and non-private equity-backed IPOs, as well to investigate some possible performance drivers of private equity-backed IPOs. This study is based on a sample of 747 United States private equity-backed IPOs and 6813 United States non-private equity-backed IPOs from 1980 to 2007. The post-IPO performance is assessed using event-time and calendar-time approaches. In general, private equity-backed IPOs performance is neutral relatively to the market and significantly higher than that of non-private equity-backed IPOs. By value-weighting or dividing the sample by decades the previous conclusion remains valid. Moreover, based on multivariate regression models, I conclude that the high leverage that characterizes in general private equity-backed IPOs and the underwriter reputation do not influence the long-term performance and that PE-backed IPOs that went public during the dot-com bubble period of 1999-2000 underperform significantly. These results are consistent with the literature.
O desempenho a longo prazo após a IPO é um tema amplamente analisado em finanças. Em contraste com a evidência geral de que o desempenho após a IPO é inferior ao do mercado, as IPOs patrocinadas por fundos de investimento Private Equity parecem desafiar essa regra. O objetivo deste estudo é avaliar e comparar o desempenho pós-IPO de empresas patrocinadas por fundos de investimento Private Equity e de empresas não patrocinadas por fundos de investimento Private Equity. É também objetivo deste estudo evidenciar variáveis que contribuam para o desempenho das IPOs patrocinadas por fundos de Private Equity. A amostra engloba a faixa temporal de 1980 a 2007 e é constituída por 747 IPOs Norte-Americanas patrocinadas por fundos de investimento Private Equity e 6813 IPOs Norte-Americanas não patrocinadas por fundos de investimento Private Equity. Seguindo as metodologias de medição de desempenho Event- Time e Calendar-Time, em geral, o desempenho pós-IPO das empresas patrocinadas por fundos de investimento Private Equity é neutro relativamente ao mercado e significativamente superior ao das empresas não patrocinadas por fundos de investimento Private Equity. Ao considerar os retornos ponderados pela capitalização em bolsa ou a divisão da amostra por décadas a conclusão anterior mantémse igualmente válida. Adicionalmente, com base em modelos de regressão multivariada, é possível concluir que a grande alavancagem que caracteriza em geral as IPOs patrocinadas por fundos de investimento Private Equity e a reputação do subscritor não influenciam o desempenho e ainda que o dot-com bubble period de 1999-2000 influencia negativamente a performance. Os resultados obtidos são consistentes com a literatura científica.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Finance
URIhttp://hdl.handle.net/1822/29950
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
EEG - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luís Pedro Sousa Braga da Costa.pdf
  Restricted access
2,57 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID