Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/2977

TitleO uso do computador e da Internet na psicologia vocacional : um estudo com profissionais de orientação europeus
Author(s)Oliveira, Helena
Advisor(s)Taveira, Maria do Céu
Issue date2004
Abstract(s)A aplicação das Tecnologias da Informação e da Comunicação à Psicologia Vocacional constitui o desenvolvimento tecnológico mais significativo dos últimos trinta anos, neste domínio científico. No entanto, é uma realidade que está ainda pouco investigada e conhecida. Com este estudo pretende-se investigar o uso do computador no campo da orientação e avaliar o impacto decorrente do uso específico da Internet pelos profissionais de orientação, quer ao nível das instituições onde estes trabalham, quer no tipo de serviços prestados ou mesmo no processo de desenvolvimento vocacional dos seus clientes particulares. A amostra é constituída por 102 profissionais de orientação, de oito países europeus (Bélgica, Dinamarca, Espanha, França, Itália, Portugal, Reino Unido e Roménia). Estes responderam a um questionário para profissionais de orientação, elaborado para o efeito (Questionário EGA) e distribuído via Internet através do site vocacional www.guidanceforum.net. Este é composto por quatro itens, destinados a avaliar quer o nível, quer a natureza percebida do impacto da Internet: (i) na prática dos profissionais de orientação em geral; (ii) na natureza dos serviços prestados por estes aos clientes; (iii) no processo de desenvolvimento vocacional dos clientes, incluindo a procura de emprego; (iv) nos serviços prestados pela sua organização de trabalho. A análise dos dados comporta uma vertente quantitativa, cujo objectivo é avaliar a incidência e a importância do uso da Internet na Intervenção Vocacional, e, ainda, uma vertente de análise qualitativa, que permite identificar os diferentes tipos de utilização da Internet dados pelos profissionais de orientação, bem como as diversas formas de integração das Tecnologias da Informação e da Comunicação nos serviços de intervenção vocacional. Os resultados obtidos evidenciam que a atitude dos profissionais em relação ao uso da Internet para fins vocacionais é positiva, embora, o seu uso seja, ainda, bastante limitado. O impacto percebido foi mais elevado ao nível da prática profissional, considerada na sua globalidade, e nos serviços prestados pela sua organização, e menor no tipo de serviços prestados e no desenvolvimento vocacional dos clientes. A análise do conteúdo das respostas permitiu identificar quatro categorias ou áreas principais de impacto do uso da Internet no campo da orientação: (i) informação; (ii) comunicação; (iii) qualidade dos serviços prestados; (iv) intervenção. A Internet é percebida como um contexto privilegiado para informar e comunicar entre colegas e com os clientes, sendo mais precário o impacto percebido na formação dos profissionais, quer no que toca às necessidades de formação que o uso desta ferramenta impõe, quer às oportunidades de formação que a Internet oferece. Da mesma forma, também o desempenho de actividades relacionadas com a integração da Internet no trabalho dos profissionais, como o desenvolvimento e manutenção de software, é ainda pouco reconhecido por estes profissionais como uma consequência da adopção da Internet enquanto ferramenta de trabalho. Torna-se necessário desenvolver investigação mais sistemática neste campo. Apesar do impacto da Internet no campo da intervenção vocacional ser avaliado como positivo, os profissionais demonstram algum desconhecimento acerca das potencialidades e perigos do uso desta tecnologia na Psicologia Vocacional.
The application of ICT (Information and Communication Technology) to Vocational Psychology has been the most relevant technological development over the past thirty years. However, it is still, for many career counsellors, an unknown reality, lacking investigation. This work aims at investigating the computer use in Career Counselling and Guidance evaluating the impact of the use of the Internet by career guidance professionals, both in the institutions they work to and the kind of services rendered and even in their clients’ vocational development process. The sample covers 102 career guidance from eight European countries (Belgium, Denmark, Spain, France, Italy, Portugal, The United Kingdom and Romania). The enquired answered a questionnaire to career guidance professionals (“EGA” questionnaire), specifically designed for that effect and distributed via Internet at the vocational site www.guidanceforum.net. It is made up of four items which aim at evaluating both the level and the nature of the perceived impact of the Internet: (i) in the guidance professionals’ practice in general; (ii) in the nature of rendered career services to their clients; (iii) in the clients’ career development process, including job search; (iv) in rendered services by the organisation they work to. Data analysis includes quantitative and qualitative procedures. The aim of the quantitative analysis is to evaluate the incidence and importance of the use of the Internet in Vocational Intervention. The qualitative analysis allows for an identification of different Internet uses by career guidance professionals, as well as several types of integrating ICT in career guidance services. Results demonstrate that the professionals’ attitude towards the use of the Internet for vocational aims is positive, although its use is still limited. Perceived impact was higher as far as professional practice and rendered services by the organization are concerned. As to the kind of rendered services and the clients’ career development, it was lower. A deep analysis of the answers allowed for the identification of four main areas of impact of the use of the Internet in Guidance: (i) information; (ii) communication; (iii) quality of rendered services, (iv) intervention. The Internet is perceived as a favourable context to inform and communicate with peers and clients, but it has a lower perceived impact in the training of professionals, be it in learning needs imposed by the use of this tool or in learning opportunities the Internet offers. Besides, activities related to the integration of the Internet in the professionals’ usual tasks, such as the development and management of software, are still far from being recognised as a consequence of using the Internet as a working tool. Further investigation in this realm of studies is needed. Notwithstanding the positive evaluation of the Internet use in Vocational Intervention, professionals demonstrate certain unfamiliarity with potentialities and perils of the use of this technology in Vocational Psychology.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Psicologia, especialização em Psicologia Escolar.
URIhttp://hdl.handle.net/1822/2977
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese de Mestrado-Helena Oliveira.pdf628,09 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID