Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/29695

TitleEdifícios sustentáveis em construção metálica
Author(s)Pinheiro, Susana Manuela Teixeira
Advisor(s)Bragança, L.
Andrade, Joana Bonifácio
KeywordsConstrução sustentável
Indicadores de sustentabilidade
Estrutura metálica
Ciclo de vida
Fase de projeto
Sustainable construction
Sustainability indicators
Metal structure
Life cycle
Phase project
Issue date2012
Abstract(s)A indústria da construção tem um impacte indiscutível na sociedade e no meio ambiente. Para além de desempenhar funções de proteção e abrigo, promove conforto e bem-estar e, ao mesmo tempo, contribui ativamente para a economia mundial, sendo ainda responsável por grande parte dos impactes sobre o meio ambiente. Desta forma, é essencial integrar o conceito e requisitos do desenvolvimento sustentável neste sector. A forma mais efetiva de o fazer é aplica-lo desde as fases iniciais de projeto, seja para um novo edifício, seja para a reabilitação de um edifício antigo. As diversas vantagens de uma construção metálica, como, por exemplo, reciclabilidade, segurança e produção off-site, proporcionam que este tipo de construção se insira num futuro de “construção verde”, ou seja, que contribua para a sustentabilidade na construção. Assim, a presente dissertação tem como objetivo fundamental a identificação de quais os requisitos necessários para garantir a sustentabilidade ao longo do ciclo de vida de um edifício em estrutura metálica, nas fases de concepção e pré-projeto. Neste sentido, foi elaborado e distribuído um inquérito com o intuito de analisar a consideração dos requisitos de sustentabilidade, através de indicadores chave (indicadores económicos, sociais e ambientais) para projetistas. A metodologia seguida para o desenvolvimento e aplicação dos inquéritos foi semelhante à apresentada por Ugwu et al (2007) e Alwear e Clements-Croome (2010). Através da análise das respostas obtidas, verificou-se unanimidade no que diz respeito à necessidade de incluir, nas fases iniciais de projeto, as seguintes categorias de indicadores: “conforto térmico”, “fontes renováveis”, “acessibilidade” e “reutilização/reciclagem”. A combinação de todos os indicadores de sustentabilidade proporciona o conforto necessário de um determinado edifício para os respetivos habitantes. Os indicadores analisados devem ser alvo de inserção na fase de projeto para que, deste modo, seja possível determinar exaustivamente as condições de utilização da moradia, edifício ou loteamento. Ao abordar todos estes temas na execução do projeto, poder-se-á contribuir para uma construção económica, usando materiais reciclados e energias renováveis, por exemplo, preparando assim a habitação para o futuro e, acima de tudo, assegurando o seu conforto.
Construction and real estate industries have an undeniable impact on society and the environment. Apart from projection and shelter functions, buildings promote comfort and well-being, while actively contributing to the global economy and being responsible for a great share of the environmental impacts. Thus, it is essential to integrate the concept and requirements of sustainable development in these sectors. The most effective way to do this is to apply it right from the early design stages, both for new buildings and rehabilitation. However, none of them is sufficiently effective in supporting the improvement of buildings’ life cycle sustainability, during early design phases. The various advantages of steel construction, such as recyclability, safety and off-site production, promote its great role in fostering sustainable built environment. Thus, this dissertation aims to identify which fundamental requirements to guarantee sustainability throughout the life cycle of a steel building structure are, at early design phases. In this sense, an enquire was developed and distributed to analyse how sustainability requirements are dealt with during design phases, through key indicators (economic indicators, social and environmental) for designers. The methodology used for this survey was similar to the one presented by Ugwu et al (2007) and Clements-Croome and Alwear (2010). Through the analysis of the answers provided, there was unanimity regarding the need to include in the initial phases of a project, the following categories of indicators: "thermal comfort", "renewable sources", "accessibility" and "reuse/recycling”. The combination of all sustainability indicators provides the comfort needed for a given building. The addressed indicators should be included in the design phase, in order to be possible to exhaustively determine the use conditions of a building. Addressing all these issues in early design will contribute to an economic construction, by, for instance, using recycled materials and renewable energy. In this way, buildings will be prepared for the future and, above all will be comfortable and healthy places to be in.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil
URIhttp://hdl.handle.net/1822/29695
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
C-TAC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Susana Pinheiro 2012.pdf2,17 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID