CECS - Comunicação e Sociedade - Vol. 23 (2013): Esfera pública digital – fragilidades e desafios : [1] Estatísticas

Logo

Comunicação e Sociedade 23: Esfera pública digital – fragilidades e desafios

Diretor: Moisés de Lemos Martins

Coordenação do volume: Helena Sousa, Manuel Pinto e Elsa Costa e Silva

CECS - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade Lasics, Universidade do Minho, 2013, 330 págs. ISSN 1645-2089

Ver página da revista

Apesar de todas as críticas e limitações que lhe têm sido apontadas, a concepção de esfera pública apresentada por Jürgen Habermas tem permanecido como um conceito seminal no seio das reflexões científicas sobre as condições de funcionamento democrático das sociedades, assim como o papel dos media na promoção da deliberação e do confronto de alternativas. A transformação do paradigma dos meios de comunicação de massas acarreta mudanças assinaláveis em termos das práticas mediáticas e do papel de cidadão / consumidor / produtor. Os novos media, em particular a internet, colocam novos desafios teóricos, metodológicos e práticos à constituição de uma esfera pública digital. Os espaços públicos convencionais de discussão são confrontados com diversas formas de socialização, com organizações em rede e com novos canais de disseminação e troca de informação que colocam ‘velhas’ questões em termos de poder, regulação, cidadania, participação, auto-expressão e identidade. O facto de a internet colocar à disposição dos utilizadores uma série de novas ferramentas não significa que estas estejam a ser utilizadas para uma cidadania mais participada ou para uma capacitação dos novos produtores de conteúdos na rede. Formas organizacionais estruturais da sociedade, nomeadamente os media mainstream, continuam a ser agentes centrais de comunicação e informação, assim como os principais produtores de conteúdos consumidos online. Deste modo, a internet enquanto esfera pública digital coloca a investigação e reflexão científica diante de vários paradoxos. Assim, o objectivo deste número da revista Comunicação e Sociedade é reconhecer e assinalar as virtualidades mas também limitações à constituição de uma esfera pública digital.

Despite criticisms, the concept of public sphere developed by Jürgen Habermas has remained a seminal notion on the democratic functioning of societies. The present-day transformation of the mass media paradigm poses new theoretical and methodological challenges regarding the understanding of citizens’ participation in the public spheres. Discussions on public spaces are faced with various forms of socializing, networking and with new channels for dissemination and exchange of information. Conventional debates about power, control, citizenship, participation, self-expression and identity must be readdressed taking into consideration new contexts and possibilities. This issue of the ‘Communication and Society’ journal aims to explore the limits and virtues of public debates in new digital spaces.

Percorrer
Ativar alerta na coleção para receber notificações por e-mail de novas entradas RSS Feed RSS Feed RSS Feed
Registos da coleção (ordenados por datas de depósito em ordem descendente): 1-1 de um total de 1
DataTítuloAutor(es)TipoAcesso
Jun-2013Comunicação e sociedade : esfera pública digital – fragilidades e desafios [23, 2014]Universidade do Minho. Instituto de Ciências Sociais. Centro de Estudos de Comunicação e SociedadeotheropenAccess
Registos da coleção (ordenados por datas de depósito em ordem descendente): 1-1 de um total de 1