Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/29531

TitleAvaliação do ruído ambiente na envolvente das escolas do 1º ciclo básico da cidade de Braga
Author(s)Oliveira, Ivone Raquel Soares de
Advisor(s)Silva, Lígia Torres
KeywordsRuído ambiente
Tráfego rodoviário
Escolas do 1º ciclo
Environmental noise
Road traffic
Primary schools
Issue date2012
Abstract(s)O trabalho desenvolvido ao longo deste projeto de investigação pretende avaliar o ruído ambiente na envolvente de três escolas do 1º ciclo do ensino básico da cidade de Braga. Na avaliação dos níveis de ruído adotou-se três metodologias: avaliação objetiva, avaliação subjetiva e modelação matemática do ruído ambiente. A avaliação objetiva baseou-se na caraterização do ruído ambiente através de medições com um sonómetro que mediu os níveis de pressão sonora no exterior, próximo das fachadas dos edifícios escolares, e no interior das salas de aula. As medições seguiram a norma NP ISO1996:2011, 1-2. Os resultados obtidos nas medições de ruído ambiente no exterior foram comparados com os valores limites de exposição do artigo 11º do Regulamento Geral do Ruído, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 9/2007, de 17 de janeiro. A avaliação subjetiva baseou-se na elaboração de inquéritos a alunos do 3º e 4º ano de escolaridade, a professores e a auxiliares de ação educativa. Na modelação matemática do ruído ambiente utilizou-se o método recomendado pela Diretiva 2002/49/CE do Parlamento Europeu e do Conselho de 25 de junho de 2002 relativa à avaliação e gestão do ruído ambiente. Esta diretiva recomenda que para o cálculo do ruído de tráfego rodoviário deve ser utilizado o método provisório de cálculo, NMPB 96. Os resultados das medições de ruído ambiente revelaram que as fachadas mais expostas estão sujeitas a valores superiores ao valor limite imposto pela legislação para zonas sensíveis, 55 dB(A). Os resultados das medições no interior das salas de aula, com os alunos, foram superiores aos valores medidos no exterior. Na análise da avaliação percetual, constatou-se que o ruído gerado no interior da sala de aula é o mais percetível. Também se verificou a perceção ao ruído proveniente do exterior da escola. O modelo utilizado na modelação matemática do ruído ambiente encontra-se ajustado e apto a receber as contagens médias reais de tráfego rodoviário para a elaboração dos mapas de ruído na envolvente das escolas. Conclui-se que o ruído ambiente na envolvente das escolas atinge valores superiores ao valor limite imposto pela legislação e que os níveis de ruído medidos no interior devem-se ao ruído gerado na sala de aula e nas salas adjacentes.
The work developed during this research project assesses the environmental noise around three primary schools in the city of Braga. In the assessment of noise levels was adopted three methodologies: objective evaluation, subjective evaluation and mathematical environmental noise modeling. The objective evaluation based on the characterization of environmental noise through measurements with a sound level meter that measured the sound pressure levels outside, near the building facades and inside the classrooms. The measurements followed the NP ISO 1996:2011, 1-2, the results obtained in measurement of environmental noise abroad were compared with the exposure limits of article 11º of the General Regulation of Noise, approved by Decree-Law no. 9/2007 of 17 January. Subjective evaluation was based on inquests to students who attend the third and fourth grade, to teachers and educational auxiliary’s action. In mathematical modeling of environmental noise, it was used the method recommended by Directive 2002/49/CE of the European Parliament and of the Council of 25 June 2002 relating to the assessment and management of environmental noise. This policy recommends that for the calculation of road traffic noise should be used the provisional method of calculating, NMPB 96. Measurement results of environmental noise show that the most exposed facades of schools are subject to values higher than the value imposed by law for sensitive areas, 55 dB(A). The results of measurements inside the classrooms, with the students, were higher to values measured on the facades. In the analysis of subjective evaluation, it was found that the noise generated inside the classroom is more noticeable. It was found also the perception to outside noise of school. The model used in the mathematical modeling of environmental noise is adjusted and ready to receive average counts of traffic road to obtain noise maps around schools. Concluding, the environmental noise around schools reaches values higher to value imposed by the law and that the noise levels measured inside owe the noise generated in classrooms.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil
URIhttp://hdl.handle.net/1822/29531
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
C-TAC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ivone Raquel Soares De Oliveira.pdf3,79 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID