Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/29506

TitleVariação do teor em partículas e ruído a uma escala urbana
Author(s)Monteiro, João Pedro Santos
Advisor(s)Silva, Lígia Torres
KeywordsForma urbana
Monitorização de ambiente urbano
Ruído ambiental
Poluição atmosférica
Qualidade do ar
Urban form
Monitoring urban environment
Urban noise
Air pollution
Air quality
Issue date2012
Abstract(s)O crescimento da população nas últimas décadas conduziu um contínuo aumento da população urbana. Este crescimento levou em alguns casos, a um agravamento das condições de vida urbana provocada pela progressiva urbanização do espaço. A urbanização demasiado rápida e incoerente do meio urbano, tornou a população vulnerável à exposição a poluentes atmosféricos e níveis de ruído em quantidades cada vez maiores. Contribuiu para tal, a saturação do espaço, do ecossistema, das infra-estruturas e do tráfego automóvel que é apontado como a principal fonte urbana de poluição. Estas características passaram a ser comuns na maioria dos centros urbanos. Este trabalho estabeleceu como objectivo a criação de uma correlação espacial entre o espaço construído, o nível de ruído e a concentração de partículas em meio urbano. A obtenção destes dados resulta da existência de um sistema de informação e monitorização do ambiente urbano da cidade de Braga – SmarBRAGA. Posteriormente analisou-se cada um dos casos em estudo, abordando diversas questões chave relacionadas com a influência da forma urbana, no nível de ruído e poluição atmosférica medida em meio urbano. Dessa análise conclui-se que tanto o nível de ruído, como a concentração de partículas, é superior nos casos em estudo, onde o valor dos índices de forma urbana de porosidade (ROS) e de factor visão do céu (FVC) tomam valores inferiores. Conclui-se portanto que a forma urbana influencia as condições de propagação de ruído e de dispersão de partículas.
The population growth in recent decades has led a steady increase in urban population. This growth has led in some cases to a worsening of urban living conditions caused by the progressive urbanization of space. A too fast and incoherent urbanization of the urban environment became population vulnerable to exposure to air pollutants and noise levels in increasing amounts. Contributed to such a saturation of space, ecosystem, infrastructure and car traffic that is identified as the main source of urban pollution. These features have become common in most urban centers. This work had the objective of creating a spatial correlation between the space built, the noise level and the particles concentration in the urban environment. Obtaining these data results from the existence of a system of reporting and monitoring of the urban environment from the city of Braga - SmarBRAGA. Later, each one of the cases in study was analyzed, approaching diverse related questions key with the influence of the urban form, in the level of noise and measured atmospheric pollution in urban way. From this analysis it is concluded that both the noise level, as concentration of particles is higher in the case studied, where the value of the indices of urban form porosity (ROS) and sky view factor (SVF) take values lower. It is concluded that urban form influences propagation conditions of noise and dispersion of particles.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Engenharia Civil
URIhttp://hdl.handle.net/1822/29506
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
C-TAC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Final.pdf6,93 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID