Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/29234

TitleA mediação como prática potenciadora da construção de um projeto de vida com vítimas de violência doméstica
Author(s)Silva, Ana Luísa Vieira da
Advisor(s)Silva, Ana Maria Costa e
KeywordsMediação familiar
Mediação social
Violência doméstica
(Re)construção
Autonomia
Projeto de vida
Familial mediation
Social mediation
Domestic violence
(Re)construction
Autonomy
Life project
Issue date2013
Abstract(s)Este estágio curricular, desenvolvido durante nove meses, teve como base um Gabinete de Apoio à Vítima da zona norte do país. O nosso objetivo era desenvolver um projeto de investigação-ação na área da mediação social e familiar, concretamente aplicado ao contexto de violência doméstica. Com o seu campo de atuação alargado a diferentes contextos, sendo de grande importância a sua prática, achamos pertinente a sua aplicação no contexto da violência doméstica, potenciando uma mudança positiva nas vidas das vítimas. Neste contexto, o trabalho desenvolvido pelo mediador seria entendido como uma ferramenta para a (re)construção do projeto de vida das vítimas que poderiam encontrar na mediação um momento para refletir sobre o seu passado, sobre a situação de violência e as consequências desta nas suas vidas. Desta forma, conseguiriam construir uma nova visão de si (autoconceito) e da sociedade que as rodeia, projetando objetivos para o futuro. Este trabalho implicaria que, mais tarde e sujeitas a situações imprevistas, estivessem capacitadas para encontrar soluções para os seus problemas com autonomia. Recorrendo a uma metodologia qualitativa, com o recurso a um conjunto de técnicas e instrumentos, ou seja, os diários de bordo, a observação, análise documental, a entrevista não diretiva, o inquérito por questionário e fichas de sessão, conseguimos orientar e avaliar as nossas práticas e tornar esta investigação-ação mais efetiva com os diferentes intervenientes no projeto que desenvolvemos.
This curricular apprenticeship, developed during the course of nine months, took place on a Bureau of Victim Support (Gabinete de Apoio à Vítima) on the North of Portugal. The objective was to develop an action research project on the area of social and familial mediation, specifically applied to the context of domestic violence. With its field of action expanded into different contexts, where its practice is of great importance, we thought it pertinent to apply it in the context of domestic violence, to potentiate a positive change in the lives of its victims. In this context, the work developed by the mediator would be understood as a tool for the (re)construction of the life project of victims who could find, in mediation, a moment to reflect on their past, on the situation of violence and its consequences on their lives. This way, they would be capable of building a new vision of themselves (self-concept) and the society surrounding them, projecting objectives for their future. This work would imply that, at a later time and subjected to unforeseen situations, they would be enabled to find solutions for their problems autonomously. Using a qualitative methodology, with resource to a set of techniques and instruments, i.e., logbooks, observation, documental analysis, non-directive interviews, surveys by questionnaire and session records, we could guide and evaluate our practices and make this action research more effective with the different intervenients in the project we developed.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Educação (área de especialização em Mediação Educacional e Supervisão na Formação)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/29234
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
CECS - Dissertações de mestrado / Master dissertations


Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID