Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/29173

TitleA exploração dos desenhos e dos mapas mentais nas aulas de história e de geografia
Author(s)Silva, Sílvia Manuela Ribeiro da
Advisor(s)Melo, Maria do Céu
KeywordsHistória
Geografia
Desenhos
Mapas mentais
Alunos
History
Geography
Drawings
Mind maps
Students
Issue date2012
Abstract(s)Este estudo está subjacente a um projeto desenvolvido em contexto real de aprendizagem das disciplinas de História e Geografia, numa turma do 7º ano de escolaridade do Ensino Básico. Elegeu-se como tema “A exploração dos desenhos e dos mapas mentais nas aulas de História e de Geografia”, com o objetivo de compreender a relevância dos desenhos e dos mapas mentais como estratégia de explicitação do conhecimento histórico e geográficos aprendidos. De todo o modo pretendia-se dar respostas à seguinte questão: “Qual a utilização dos desenhos/mapas mentais como ferramenta de aprendizagem?”. Assim, e considerando a sua natureza, as nossas finalidades foram, simultaneamente, analisar estes instrumentos e identificar os conhecimentos históricos e geográficos que os alunos constroem a partir do seu desenvolvimento. Os conteúdos temáticos que serviram de enquadramento à aplicação deste projeto centraram-se, na disciplina de História, na temática: “A herança do mediterrâneo antigo - O mundo romano no apogeu do Império”. A disciplina de Geografia envolve como temática, “O Meio Natural – Relevo”. Seguindo o percurso formal de lecionação das aulas, tornou-se necessário, no caso da disciplina de História, implementar uma estratégia para perceber se os alunos estavam ou não a apreender os conteúdos abordados. Na medida que, antes da implementação do instrumento de recolha de dados, a ficha “Vamos desenhar uma cena da vida do dia-a-dia dos romanos”, os alunos tiveram como trabalho de casa a leitura de um texto sobre “A vida quotidiana em Roma na época imperial”, bem como dar resposta a algumas questões sobre esta temática. Deste modo, percebeu-se em que nível estavam os conhecimentos dos alunos, e achou-se importante fornecer a cada um, um “livrinho” que resumisse toda a temática. No caso da Geografia o instrumento de recolha de dados cingiu-se apenas a uma ficha “Vamos desenhar um mapa mental das serras portuguesas”, na qual os alunos tinham que seguir os passos orientadores e mostrar tudo o que aprenderam através de um mapa mental. A análise dos resultados foi de natureza descritiva e qualitativa, privilegiando o processo de construção do conhecimento, trazendo inevitavelmente à colação as ideias da subjetividade e do comprometimento inegavelmente presentes, pela imersão do investigador/professor na implementação, análise e redação das conclusões.
This study is behind a project developed in the real context of learning disciplines of history and geography, in the class of the 7th year of primary schooling. He was elected as its theme "the exploitation of designs and of mind maps in the lessons of History and Geography", with the goal of understanding the relevance of mind maps and drawings as a strategy of explanation of historical and geographical knowledge learned. Across the way was to provide answers to the following question: "what is the use of mind maps as a tool for learning?" Thus, and considering its nature, our objectives were, at the same time, examine these instruments and identify the historical and geographical knowledge that students build from its development. The thematic contents that served as the framework of this project focused on the discipline of History, on the theme: "the heritage of ancient Mediterranean-the Roman world in the heyday of the Empire". The discipline of geography involves theme, "the Natural Environment-Relief". Following the formal route of lecturing classes, it has become necessary, in the case of the discipline of History, implement a strategy to see if students were to seize the contents covered. To the extent that, before the implementation of the data collection instrument, the "Let's draw a scene of everyday life of the Romans", the students have homework reading a text about "everyday life in Rome during the imperial era", as well as respond to some questions about this theme. It was realized at that level were the students knowledge, and was important to provide to each one, a "little book" that were all the subject. In the case of the data collection instrument was restricted only to a "Let's draw a mind map of Portugal", in which students had to follow the guiding steps and show everything they have learned in a mind map. The analysis of the results was descriptive and qualitative in nature, focusing on the process of constructing knowledge, inevitably bringing up the ideas of subjectivity and undeniably present, by immersion of the investigator/teacher in the implementation, analysis and writing of conclusions.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Ensino de História e de Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário
URIhttp://hdl.handle.net/1822/29173
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_Sílvia Manuela Ribeiro da Silva_2012.pdf2,06 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID