Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/29168

TitleEnsino de programação de sistemas informáticos : o construtivismo como plataforma impulsionadora de motivação e autonomia na aprendizagem
Author(s)Casal, João
Advisor(s)Silva, Bento Duarte da
KeywordsConstrutivismo
Construtivismo tecnológico
Motivação para aprendizagem
Tecnologia em sala de aula
Aprendizagem colaborativa e cooperativa
Constructivism
Technological constructivism
Motivation for learning; technology in classroom
Technology in classroom
Collaborative and cooperative learning
Issue date2013
Abstract(s)“Qualquer era tecnológica moldou, de alguma maneira, a educação à sua imagem” (Sharples, 2005, p.1). Na era do YouTube, dos smartphones, dos tablets, das redes sociais e da cloud computing, subsistirem ambientes de aprendizagem que não incluem inovação é obrigar os alunos a saírem da imersão tecnológica em que vivem, retirando-os do seu habitat natural e obrigando-os a retroceder no tempo para aprender. Na perspetiva oposta, a utilização estratégica de ferramentas tecnológicas emergentes em sala de aula poderá ser um catalisador de motivação e autonomia na aprendizagem, dada a curiosidade que geram em seu torno e o seu potencial inegável. Este trabalho expõe a aplicação destes princípios no âmbito de um projeto de intervenção pedagógica, numa disciplina de programação de sistemas informáticos de um curso profissional do ensino secundário, onde se verificou nos alunos falta de motivação e autonomia para a aprendizagem. Para enfrentar esse problema utilizaram-se estratégias pedagógicas construtivistas alicerçadas em tecnologias atuais, de onde se destaca a utilização do Prezi para a construção colaborativa do conhecimento ao invés de para exposição de conteúdos; do Moodle como prolongamento tecnológico da sala de aula, fornecendo aos alunos as rédeas da sua aprendizagem; do vídeo não apenas como produto multimédia de visualização, mas a sua produção como processo de construção cognitiva e reflexiva de aprendizagens; do Google Drive como ferramenta de eleição favorecedora de aprendizagens cooperativas; e do mobile-learning, através de um estudo exploratório com a ferramenta AnkiDroid, averiguando o impacto dessa forma de aprendizagem na motivação e autonomia. O resultado destas estratégias teve o efeito pretendido e concluiu-se que promovendo o aumento de motivação, promove-se o aumento da autonomia e atenuam-se problemas de aproveitamento, desinteresse, comportamento e assiduidade.
“Every era of technology has, to some extent, formed education in its own image” (Sharples, 2005, p.1). At the era of YouTube, smartphones and tablets, of the social networks and of the cloud computing, the subsistence of learning environments that do not include technological innovations is to force students to get out of the technological emersion where they live, removing them from their natural habitat and obligating them to move back in time to learn. In the opposite perspective, the strategic use of emerging technological tools in classroom may be a catalyst of motivation and autonomy in learning process, given the curiosity that gravitates around those artifacts and their undeniable potential. This work exposes the application of these principles on a pedagogical intervention project that took place at a computer programming course of secondary school level, where was identified on students a lack of motivation and of autonomy on learning. To face these problems, were used constructivist pedagogical strategies grounded on recent technologies, from where are highlighted the use of Prezi for a collaborative construction of knowledge instead of to content exposal; Moodle as a technological extension of the classroom, providing students with the reins of their own learning; video not only as a multimedia product for visualization but its production as a process of cognitive and reflexive knowledge building; Google Drive as a top tool for cooperative learning; and mobile learning, through an exploratory study with the AnkiDroid application, ascertaining the impact of that form of learning on motivation and autonomy. These strategies had the pursued effect and it has been concluded that by promoting the raise of motivation, it is promoted the raise of autonomy and are reduced problems of low school performance, disregard, bad behavior and lack of class attendance.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Ensino de Informática
URIhttp://hdl.handle.net/1822/29168
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
João Afonso Vieira Casal.pdf6,92 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID