Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/29128

TitleComo as crianças entendem a crise
Author(s)Freitas, Ana Soraia Lopes de
Advisor(s)Pinto, Manuel
Issue date2012
Abstract(s)Com a realização deste estudo pretende-se perceber o modo como as crianças compreendem a crise económica, partindo do pressuposto que também elas são afetadas e vivem diretas e indiretamente as consequências da mesma. Sendo assim a investigação irá ser constituída em torno de três questões fundamentais: “ quais são os efeitos que a crise tem neles”, “ quais são as perceções e conhecimentos que eles têm acerca da crise”. e " qual a influência e o papel desempenhado pelos grupos primários da família e da escola no enforme da opinião dos mais novos sobre estas matérias". De facto, é uma realidade inquestionável que a “crise” também chegou ao universo das crianças. Para esse fim não é alheio o impacto dos meios de comunicação social que todos os dias bombardeiam o público com termos económico-financeiros como: “crise financeira”, o “IVA”, o “FMI”, a “BOLSA”, o “Rating”, raras vezes com preocupação em proceder ao esclarecimento do seu real significado. É nesse campo abrangente e complexo que se pretende desenvolver esta tese e para esse fim não são olvidáveis aspetos considerados fundamentais. Primeiramente e desde logo o papel do agente primário de socialização, a família. Posteriormente coordenar esse estudo com a análise e peso dos media no seu sentido genérico, percebendo, à posteriori, qual deles parece ter um efeito mais preponderante sobre os mais jovens. Efetivamente, numa altura em que é evidente o impacto dos meios de comunicação na sociedade, torna-se pertinente refletir sobre formas de implementação de uma educação para os media como modelo distinto de consciencialização da realidade mediática e iniciação à política e à cidadania. Deste ponto de vista, é importante não esquecer que é necessário abrir caminhos que cruzem o campo dos Media, da escola e da família. Não esqueçamos que o quadro socio-cultural em que os mais novos nascem e se movimentam na atualidade é em grande parte profusamente marcado pela convergência de diferentes fontes de informação e pela vastidão de recursos e dispositivos tecnológicos aos quais se encontram expostos.
With this study we intend to understand the way children face the economical crisis, considering that they are also affected directly and indirectly by this deep crisis and its consequences. Therefore, this study will try to answer three important questions " what are the crisis effects on children?", " what are the perceptions and the knowledge they have about this subject?" and also " how we can define the influence and the role that primary groups such as family and school have in the youngest opinions about all matters and subjects?". In fact, it is undoubtable that " crisis" arrive in children's world. To that situation also contribute the impact of mass media that are continuously leaking some economical and financial terms such as: " financial crisis", " VAT", "IMF", " Canvas", " Stock market", or " Rating", without trying to make clear those terms and their real meaning to all people. It is in this broad and complex field that we want to develop this thesis and for that purpose we don´t forget some fundamental aspects. First of all, the role of a primary agent of socialization, the family. Secondly try to coordinate this study with the analysis of the importance of media in general, trying to perceive which one seems to have a more dominant effect on the youngest. In fact, at a time when it seems clear the impact of media on society, it is relevant to reflect on ways to implement a media literacy policy as a distinct model of media awareness and of children's initiation into politics and citizenship. From this point of view, it is essential to remember the importance in cross the fields of Media, school and family. We shouldn't forget that the socio-cultural context in which the young are born and move today is largely influenced by different information sources and technological devices that act together and to which the youngest are continuously exposed.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Comunicação, Cidadania e Educação
URIhttp://hdl.handle.net/1822/29128
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Soraia Lopes de Freitas.pdf
  Restricted access
5,61 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID