Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/29093

TitlePerspetiva integrada de stakeholders, redes e qualidade do relacionamento em turismo : aplicação ao Parque Nacional Peneda-Gerês
Author(s)Nogueira, Sónia Fernanda Moreira
Advisor(s)Pinho, José Carlos M.
KeywordsAtores
Centralidade
Compromisso
Confiança
Cooperação
Densidade
Legitimidade
Poder
Redes
Relacionamentos
Satisfação
Stakeholders
Turismo
Urgência
Actors
Centrality
Commitment
Cooperation
Density
Legitimacy
Networking
Power
Relationships
Satisfaction
Stakeholders
Tourism
Trust
Urgency
Issue date21-Jan-2014
Abstract(s)A investigação desenvolvida deriva da pouca literatura de redes aplicada ao turismo e da existência de lacunas quanto ao estudo da estrutura, conteúdo e qualidade das interações entre os atores em redes de turismo. O principal contributo teórico resulta do caráter inovador decorrente da integração de três vertentes teóricas: (i) a teoria dos stakeholders (interesses/influências), (ii) a análise de redes sociais, e (iii) a teoria do marketing de relacionamento (qualidade das relações) em turismo. Este tipo de investigação que apresenta um caráter integrativo vem trazer um acréscimo de conhecimento à teoria existente, especificamente tendo em conta as conclusões advindas da análise integrada realizada. Acresce o interesse prático e de gestão de aplicar o estudo ao Parque Nacional Peneda-Gerês (PNPG) e ao setor de turismo que representou, em 2009, em Portugal, 11% do PIB e 500.000 postos de trabalho. Neste contexto, este estudo traz um contributo prático a este esforço de aposta e promoção do turismo nacional, até porque as redes turísticas afirmam-se, de forma crescente, como importantes ferramentas de desenvolvimento económico dos países. O problema de pesquisa que orienta este estudo é: Como se configura, quantitativa e qualitativamente, a rede de stakeholders ligada às atividades de turismo do PNPG? Qual a qualidade do relacionamento entre esses stakeholders? Ao percebermos esta realidade é nossa expectativa compreender os impactos sobre o turismo da região e desenvolver um conjunto de propostas de melhoramento para o turismo do PNPG. O estudo incide sobre os stakeholders relevantes envolvidos nas decisões de turismo do PNPG e respetivas redes de relacionamentos. Recorre, simultaneamente, a técnicas qualitativas e quantitativas. Em última análise, o estudo envolverá a análise da estrutura de relacionamentos, a análise do tipo de relações no sentido de planear ações para o turismo, a caracterização dos stakeholders da rede de turismo que integra o PNPG e a avaliação da qualidade do relacionamento entre eles, bem como, algumas análises de correlações. A teoria dos stakeholders interliga-se naturalmente com a análise de redes sociais (ARS) sendo relevante para uma melhor compreensão do fenómeno do turismo. Esta investigação permite evidenciar a sua relevância no seio do turismo do PNPG, ou seja, permite proceder à identificação dos stakeholders procurando perceber os seus atributos, objetivos e interesses, fatores de escolha e subgrugos. Foi apresentada uma categorização dos stakeholders com base no modelo de Mitchell et al. (1997) que permitiu perceber o conjunto de stakeholders discricionários, dependentes e o conjunto de stakeholders definitivos. Estes últimos, traduzem um grupo que possui os três atributos preconizados pelo modelo de Mitchell et al. (1997): poder, legitimidade e urgência. Como tal, estes revelam-se stakeholders prioritários. No tocante à escolha de stakeholders da(s) organização(ões), para efeitos de ações relativas ao turismo no PNPG (implementação de projetos de turismo), constata-se que o enquadramento estratégico e a vontade de implementação são os que revelam uma maior média de respostas. Constatou-se a existência de uma rede complexa que liga esses stakeholders entre si e que gera transmissão de recursos (informação, logística, recursos humanos, formação e recursos financeiros) e de influências diretas ou indiretas entre os mesmos. Este estudo interdisciplinar revela-se útil e inovador no setor de turismo e a aplicação destas realidades e conceitos ao PNPG permitiu revelar uma realidade complexa de interações entre uma multiplicidade de atores.
The research developed derives from the scarce literature on networks applied to tourism and the gaps in the study of structure, content and quality of interactions between actors in tourism networks. The main theoretical contribution results from the integration of three key theories: (i) stakeholders theory (interests/influences), (ii) network analysis, and (iii) relationship marketing (relationship quality) in tourism. This type of investigation brings an additional contribute to the existent theoretical background mainly because of the integrated analysis conclusions. Moreover, the practical and management interest to apply the study to the Peneda-Gerês National Park (PGNP) and in the tourism setor which accounted, in 2009, in Portugal, 11% of GDP and 500,000 jobs. In this context, this study provides a practical contribution to this effort and commitment to promote national tourism because of the increasingly interest on networks, as an important tool of economic development of countries. The research problem is: How are composed, quantitatively and qualitatively, the tourism stakeholders network related to tourism in the PGNP? What is the relationship quality between those stakeholders? Based on this framework, is our expectation to understand the impact on the tourism of the region and develop a set of guidelines for improving the tourism in the PGNP. Basically, the study focuses on the relevant stakeholders involved in PGNP tourism and its networks. It uses both qualitative and quantitative techniques. Finally, the study will involve analysis of the relationship’s structure, kind of relationships in order to plan tourism, the PGNP tourism stakeholder’s network characterization and the relationship quality evaluation as well as some correlation analysis. The stakeholder theory naturally connects with the network analysis and is relevant for a better understanding of the tourism phenomenon. This research gives evidence of its relevance within the PNPG tourism, identifying the stakeholders, seeking to understand their attributes, goals and interests, factors of choice and sub-groups. It presents a stakeholders categorization based on Mitchell et al. (1997) model which allowed the identification of a set of discretionary stakeholders, dependent stakeholders and definitive stakeholders. The last group has the set of three attributes advocated by Mitchell et al. (1997): power, legitimacy and urgency. These stakeholders are considered the priority ones. Regarding the choice of stakeholders for purposes related to tourism in PNPG (implementation of tourism projects), it appears that the strategic framework and will of implementation reveal the higher average of responses. The study reveals a complex network that connects these stakeholders and that generates resources transmission (information, logistics, human resources, training and financial resources) and direct or indirect influences among stakeholders. This interdisciplinary study is helpful and innovative in the tourism sector, applies these concepts to the PNPG realities and has also revealed a complex set of interactions between a multiplicity of actors.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de doutoramento em Marketing e Estratégia
URIhttp://hdl.handle.net/1822/29093
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Teses de Doutoramento
EEG - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sónia Fernanda Moreira Nogueira.pdf4,11 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID