Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/28838

TitleAprendizagem informal na rede social Proedi: um contributo para o desenvolvimento profissional de professores
Author(s)Lisbôa, Eliana Santana
Advisor(s)Coutinho, Clara Pereira
Issue date19-Dec-2013
Abstract(s)A expansão célere das redes sociais virtuais no nosso quotidiano pessoal e profissional em paralelo com o emergir de um novo paradigma comunicacional levam-nos a equacionar novos cenários para o ensinar e o aprender numa sociedade digital e organizada em rede. De facto, a Web 2.0, entendida como Web social, faculta aos educadores a oportunidade de desenvolver os seus conhecimentos e competências, e oferece oportunidades de construção de situações inovadoras no seu percurso profissional, promovendo assim condições de aprendizagem ao longo da vida. No entanto, escasseiam no nosso país estudos que analisem o potencial destes ambientes num momento em que os professores passam cada vez mais tempo nas escolas e as oportunidades de formação em TIC escasseiam. É neste contexto que surge o presente estudo que teve como objetivo central investigar se uma rede social poderia funcionar como ambiente informal capaz de contribuir para o Desenvolvimento Profissional de Professores (DPP) na área das TIC. Na componente teórica da investigação foi desenvolvido um quadro conceptual amplo e multifacetado que permitiu, para além de sistematizar e aprofundar as principais teorias e modelos conceptuais que estudam as redes sociais e comunidades virtuais, selecionar e desenvolver os instrumentos de recolha de dados em especial os vocacionados para a análise das interações assíncronas geradas na rede social criada, principal fonte de evidências para encontrar resposta para a grande questão de partida. A investigação empírica, de índole descritiva e analítica, seguiu, preferencialmente, uma abordagem qualitativa, ou interpretativa, visto que procuramos mais compreender do que explicar os fenómenos em estudo. No entanto, e ainda que o paradigma interpretativo tivesse sido o referencial teórico por excelência, em diversos momentos da investigação foram utilizados métodos e técnicas da investigação quantitativa o que nos leva a considerar que, na prática de implementação no terreno, o nosso estudo pode englobar-se nos denominados planos multi-metodológicos ou mistos que tanto interesse granjeiam nos nossos dias junto da comunidade de investigação em Ciências da Educação. Para a recolha de dados foram usados técnicas e instrumentos diversificados que permitiram a triangulação das fontes de evidência aumentando assim a validade interna do estudo: observação participante; inquérito por questionário; grelhas de análise da comunicação assíncrona que incluíram os modelos de Garrison, Anderson e Archer (2001), Gilly Salmon (2000) e Elizabeth Murphy (2004), para além dos registos automáticos da plataforma Ning onde a comunidade Proedi (Professores na Era Digital) foi alojada. Os resultados mostram que a comunidade Proedi se constituiu como um espaço informal de aprendizagem onde os professores sentiram-se à vontade para participar por não haver pressão institucional tão presente nos modelos de formação ditos formais. Também ficou patente que os membros reconheceram a Proedi com um espaço que, para além de conter informações e recursos educativos digitais úteis, contribuiu para o conhecimento das potencialidades educativas de algumas ferramentas da geração Web 2.0 e para que os docentes se sentissem estimulados a integrar as tecnologias em sala de aula. Ou seja, a comunidade Proedi contribuiu para o DPP ao proporcionar o acesso a uma variedade de recursos digitais e, sobretudo, por oferecer aos membros da comunidade um espaço para a interação e partilha de experiencias nos diferentes espaços de comunicação do ambiente em especial nos fóruns de discussão. Para além disso ficou clara a importância do e-moderador como o elemento que dinamiza e propicia a mediação do conhecimento numa rede social. Contudo, e apesar de termos evidenciado que a comunidade Proedi respondeu positivamente às expectativas que estiveram na base da implementação deste projeto de doutoramento, os níveis de colaboração e construção do conhecimento evidenciados foram tímidos mostrando que os desafios persistem e que importa investigar novas estratégias de interação que mobilizem os membros para o exercício de uma liderança partilhada que está na base da construção colaborativa do conhecimento em ambientes online.
The rapid expansion of the virtual social networks in our personal and professional life in parallel with the emergence of a new communicational paradigm leads us to envisage new scenarios to teach and learn in a digital society organized in a network. In fact, Web 2.0, understood as social Web, provides educators the opportunity to develop their knowledge and skills, and offers opportunities for building innovative situations in your career path, thus promoting conditions for lifelong learning. However, in our country there are few studies to examine the potential of these environments at a time when teachers spend more and more time in schools and training opportunities in ICT are scarce. It is in this context that the present study aimed to investigate whether a central social network could work as informal environment capable of contributing to the professional development of teachers (PDT) in the area of ICT. On the theoretical component of the research there was developed a broad and multifaceted conceptual framework that allowed, in addition to systematize and deepen the main theories and conceptual models to study social networks and virtual communities, the selection and development data collection instruments, and in particular those aimed at the analysis of asynchronous interactions generated in the social network created, primary source of evidence to find an answer to the big question. The empirical research, which has a descriptive and analytical nature, followed a qualitative approach, or interpretative, as we seek more the understanding than explanation of the phenomena under study. However, and although the interpretative paradigm had been the theoretical reference par excellence, there are used quantitative research methods and techniques in various stages of research, which leads us to consider that in the practice, our study may include the so-called multi-methodological or mixed plans that brings a new light over the research community in Education. For data collection were used diverse techniques and tools that allowed for the triangulation of sources of evidence thereby increasing the internal validity of the study: participant observation; survey; asynchronous communication analysis grids that included Garrison models et al. (2001), Gilly Salmon (2000) and Elizabeth Murphy (2004), in addition to the automated records of the Ning Platform where the community Proedi (Teachers in the Digital Age) was lodged. The results show that the Proedi community was constituted as an informal learning space where teachers feel free to participate because there is no institutional pressure, as it happens in the so-called formal training models. It was also clear that the members recognized the Proedi as a space that, in addition to contain useful information and digital educational resources, contributed to the knowledge of the educational potential of some tools of Web 2.0 generation and through which teachers feel stimulated to integrate the technologies into the classroom. Namely, the Proedi community contributed to the DPP to provide access to a variety of digital resources and, above all, to offer to members of the community a space for interaction and sharing of experiences in different environmental media spaces especially in discussion forums. Furthermore became clear the importance of e-moderator as the element that streamlines and provides mediation of knowledge in a social network. However, and although we evidenced that the Proedi community responded positively to the expectations that were on the basis of the implementation of this doctoral project, levels of collaboration and knowledge construction highlighted were shy showing that challenges persist and that it is important to investigate new strategies of interaction that mobilize members for the shared leadership exercise that underpins the collaborative construction of knowledge in online environments.
TypeDoctoral thesis
DescriptionTese de doutoramento em Ciências da Educação (área de especialização em Tecnologia Educativa)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/28838
AccessOpen access
Appears in Collections:CIEd - Teses de Doutoramento em Educação / PhD Theses in Education
BUM - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Eliana Santana Lisbôa.pdf7,23 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID