Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/28827

TítuloA educação física na escola: entre o movimento pensado e o movimento vivido
Autor(es)Fonseca, Diogo André Rodrigues da
Orientador(es)Cunha, António Camilo
Palavras-chaveBrincar
Educação física
Lúdico
Motivação
Movimento
Perspetiva
Planeamento
Rendimento
Play
Physical education
Playful
Motivation
Movement
Perspective
Planning
Performance
Data26-Jul-2013
Resumo(s)O presente relatório surge no âmbito da Prática de Ensino, integrada no Mestrado em Ensino de Educação Física. Contempla um enquadramento pessoal e um institucional, onde deve ser feita uma análise ao trajeto académico do estagiário e ao modo como se integra no contexto educativo, tanto ao nível da lecionação e respetivas estratégias, como na própria dinâmica da comunidade escolar. Posteriormente é feita uma reflexão ao nível pedagógico e científico. A primeira versa sobretudo sobre as fases que orientam o ato educativo, nomeadamente o conhecimento do meio e das particularidades da turma, a planificação das atividades para todo o ano letivo, o modo proposto para a colocar em prática e a importância de avaliar as práticas ao longo de todo o ano. É feita igualmente uma análise do impacto para os alunos das estratégias utilizadas nas aulas, que enfatizavam a componente lúdica e que tinham como finalidade motivar os alunos e colocá-los no centro do processo, sem que isso comprometesse a evolução dos alunos ou os objetivos a atingir. Nesse sentido foi possível constatar que 96% dos alunos se declararam muito ou imensamente motivados com as estratégias lúdicas utilizadas. Da mesma forma que 64% escolheu o valor máximo da escala no que toca ao gosto que nutrem pela Educação Física, sendo que isto é algo que deve ser devidamente aproveitado para captar as crianças e jovens para a escola e procurar que estes evoluam de um modo global. A investigação científica aborda as perspetivas de cinco professores do Ensino Básico, dois do 2º ciclo e três do 3º ciclo, sobre as aulas de Educação Física, nomeadamente ao nível do movimento pensado ou vivido. Procurando compreender se as suas aulas são projetadas tendo em vista o rendimento, ou seja, sob uma lógica quantitativa, ou se por outro lado privilegiam as vivências das crianças, o brincar e a sua plena expressão, dando desta forma uma maior dimensão aquilo que é a Educação Física. Tendo-se verificado neste tema algumas assimetrias entre docentes, fundamentalmente de ciclos de ensino diferentes, com os profissionais que trabalham no 2º ciclo a demonstrarem maior abertura para esta Educação Física mais plural, procurando ir de encontro a questões culturais e humanísticas, que podem ter um impacto positivo a curto, mas também a longo prazo.
This report comes within the scope of the Supervised Teaching Practicum integrated in the Physical Education Teaching Master’s Degree. It considers a personal and institutional framework that ought to analyze the trainee’s academic background and the way it fits in the educational context, either at a teaching level with inherent strategies, or in the school community dynamics. Afterwards, a reflection in a pedagogical and scientific level will be made. The first one focus especially in the stages that guide the educational act, particularly in the environment understanding and the classes particular features, the activity planning during the entire school year, the suggested method to put it into practice and the importance of evaluating these practices all over the year. It is also analyzed the impact on students of strategies used on classes that emphasize a playful component and which goal is to motivate the students putting them on the center of the process, without committing their evolution or the goals to achieve. In that sense it was possible to perceive that 96% of the students found themselves highly motivated by these playful strategies. As well as 64% of them chose the maximum value on the scale regarding to how they feel about physical education, and this should be properly availed to attract children and young people to school seeking their global evolution. The scientific research approaches the basic education teacher’s perspectives, two of the second cycle and three of the third cycle, about the Physical Education classes, mainly when it comes to the thought or lived movement. In order to understand if their classes are planned aiming the performance, in other words, under a quantitative logic, or on the other hand if it favors the children’s life experiences, the act of playing and its full expression, therefore providing a greater dimension of what Physical Education really is. In this matter it has been verified some asymmetries between teachers, essentially when it comes to different education cycles, being the professionals that work in the second cycle the ones who show more receptivity and openness to this pluralistic physical education, longing to come upon these cultural and humanistic matters that may have a positive impact not only short-therm but also long-therm.
TipomasterThesis
DescriçãoRelatório de estágio de mestrado em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário
URIhttp://hdl.handle.net/1822/28827
AcessorestrictedAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Diogo André Rodrigues da Fonseca.pdf1,96 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis