Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/28812

TítuloConstruir a relação pedagógica em tempos de incerteza : perspetivas e experiências de direção de turma
Autor(es)Antunes, Fátima
Gomes, Carlos Alberto
Martins, Fernanda
Sarmento, Teresa
Palavras-chaveDiversidade sociocultural
Relação pedagógica
Gestão pedagógica
Direção de turma
Data2012
EditoraFórum Europeu de Administraciones de la Educación del Estado Español
Resumo(s)Nesta pesquisa queremos explorar uma dimensão que se nos afigura promissora na elucidação de certos aspetos da mudança educacional com implicações significativas em termos de democratização e justiça sociais: a Direção de Turma enquanto trabalho docente, apreendido a partir do vivido dos sujeitos. Nesse sentido, recolhemos testemunhos em entrevistas a Diretoras/es de turma sobre as orientações e práticas que constroem essa dimensão do seu trabalho como professores/as: como o organizam, que atividades lhe dão corpo, em que condições é desenvolvido, que constrangimentos o modelam, que saberes e que poderes mobilizam, de que recursos de atuação dispõem, que situações e experiências o definem, que dilemas e contradições o atravessam. Quer a recolha das narrativas, quer a sua interpretação e discussão procuram atentar em particular em dimensões de análise e facetas da realidade educacional que admitimos estarem no centro das atuais condições de exercício do trabalho docente de Direção de Turma (das escolas e das sociedades); de entre elas, tomamos a diversidade sociocultural dos públicos escolares como foco importante desta comunicação. Em décadas recentes, o trabalho docente tem vindo ainda a ser reorientado, ampliando o espetro de exigências colocado pela gestão do grupo-turma e o repertório de ação requerido aos profissionais. Num contexto socioeducativo em que a relação pedagógica é desafiada e deve ser construída num quadro de grande incerteza, as fontes de pressão e insegurança multiplicam-se, em razão da precária adesão ao trabalho escolar, dos disputados valor e legitimidade dos saberes, do confronto de culturas, identidades e expetativas dos sujeitos. Também se alargou o âmbito de referência daquele exercício profissional, desde o foco privilegiado na relação pedagógica em direção à assunção da organização escolar como referência prioritária do trabalho docente. Os testemunhos evocam perspetivas e cursos de ação plurais desenvolvidos pelos docentes face às diferenças e às desigualdades sociais e culturais, às formas mais ou menos explícitas de discriminação, a estratégias organizacionais de discriminação e a lógicas de seleção, à participação e à formação cívica dos alunos. São ainda abordadas implicações das condições, situações e experiências de exercício profissional relatadas do ponto de vista da democratização e justiça sociais.
TipoconferencePaper
DescriçãoPublicado em "Gestión pedagógica y política educativa : desafios para la mejora de la formación e profissionalización de los educadores", ISBN 84-695-7964-9
URIhttp://hdl.handle.net/1822/28812
ISBN84-695-7964-9
Arbitragem científicayes
AcessorestrictedAccess
Aparece nas coleções:CIEd - Textos em volumes de atas de encontros científicos nacionais e internacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Congreso iberoamericano-2012.pdf397,74 kBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis