Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/28440

TitleInfluência do empenhamento organizacional nas intenções de turnover e na satisfação com o trabalho dos agentes de geriatria
Author(s)Gonçalves, Marta Sofia Teixeira
Advisor(s)Freire, Carla Maria Freitas da Costa
Issue date2013
Abstract(s)A presente dissertação adota o modelo do input-processo-output para estudar a influência das variáveis sóciodemográficas e das caraterísticas do trabalho sobre o empenhamento organizacional, bem como a influência deste construto sobre a satisfação com o trabalho e as intenções de turnover dos agentes de geriatria. O estudo foi aplicado a 164 agentes de geriatria a trabalhar em lares, centros de dia e serviços de apoio domiciliário. Dos resultados obtidos concluiu-se que esta classe de trabalhadores está empenhada nas instituições em que trabalha a nível afetivo, normativo e instrumental. No entanto a dimensão afetiva é a que mais se destaca, o que significa que o desejo de permanecer na instituição é mais elevado do que o sentimento de obrigação ou à necessidade de permanecer na mesma. Dos resultados obtidos neste estudo conclui-se que as caraterísticas sóciodemográficas exercem pouca influência sobre o empenhamento organizacional. Por outro lado, este estudo conclui que as caraterísticas do trabalho contribuem significativamente para explicar o empenhamento organizacional. Conclui-se, ainda, que o empenhamento organizacional, sobretudo a dimensão afetiva, tem poder preditivo sobre as variáveis de output, ou seja, sobre a satisfação no trabalho e as intenções de turnover. Os resultados são discutidos tendo em conta os estudos existentes neste domínio. São apresentadas contribuições práticas para a gestão de recursos humanos em organizações de geriatria. Finalmente são expostas algumas limitações do estudo e pistas para futuras investigações.
This dissertation adopts the model of input- process -output to study the influence of sociodemographic variables and the characteristics of the work on the engagement and the influence of this construct on job satisfaction and turnover intentions of agents geriatrics. The study was applied to 164 geriatrics agents working in nursing homes, day centers and home care services. From the results obtained it was concluded that this class of workers is engaged in the institutions in which they work affective, normative and instrumental level. However, the affective dimension is the one that stands out, which means that the desire to remain in the institution is higher than the sense of obligation or the need to stay in the same. The results of this study concluded that sociodemographic characteristics exert little influence on organizational commitment. On the other hand, this study concludes that the characteristics of labor contribute significantly to explain the commitment organizacional. Conclui is also the organizational commitment, especially affective dimension, have predictive power on the output variables - job satisfaction and turnover intentions. The results are discussed taking into account the existing studies in this area. Practices of human resources management in geriatric organizations contributions are presented. Finally some limitations of the study and avenues for future research are presented.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Gestão de Recursos Humanos
URIhttp://hdl.handle.net/1822/28440
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
EEG - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marta Sofia Teixeira Gonçalves.pdf2,6 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID