Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/28346

TítuloRatings da dívida pública
Autor(es)Peixoto, Carlos Filipe Coelho
Orientador(es)Veiga, Francisco José
Data2013
Resumo(s)Os ratings das dívidas públicas dos países, são calculados por agências de cotação financeira, sendo a Fitch I.B.C.A., “Standard & Poor’s e Moody’s as principais agências, existentes no mercado financeiro. Estas agências têm em ponderação várias variáveis que podem influenciar um rating. Assim, na minha tese foram tidos em consideração três grupos de variáveis que podem influenciar um rating, as variáveis económicas, as variáveis políticas e as variáveis financeiras. Depois, através de uma técnica de mínimos quadrados ordinários (O.L.S.), obtivemos uma regressão linear que que um rating foi considerado como a variável dependente. Também foi utilizada uma técnica de regressão linear simples, no entanto controlando para efeitos fixos, bem como um ordered logit, que se mostrou a metodologia mais adequada. Assim, verifico que as variáveis económicas, (Inflação, P.I.B. per capita, Dívida Bruta/P.I.B. e o Investimento), variáveis políticas (Estabilidade do Governo, Condições Sócio-Económicas, Perfil de Investimento, Lei/Ordem e Qualidade Burocrática) e a variável financeira (Crises Bancárias), têm um grande poder explicativo sobre os ratings de dívida pública dos países.
The sovereign debt ratings are calculated by financial rating agencies, being Fitch IBCA, “Standard & Poor’s and Moody’s the major agencies existing in the financial market. These agencies take into consideration several factors that can influence a rating. Thus, in my thesis three groups of variables that can influence a rating were taken into consideration, economic variables, political variables and financial variables. Then, using the ordinary least squares (OLS) method, a linear regression was estimated, considering one rating as the dependent variable. A linear regression controlling for country fixed effects was also estimated, as well as an ordered logit model, which proved to be the most appropriate methodology. The empirical results indicate that economic variables (inflation , GDP per capita , Gross Debt / GDP and Investment), political variables (governmental stability, Socio-Economic Conditions, Investment Profile, Law/Order, and Bureaucratic Quality) and the financial variable (Bank Crisis) have a great explanatory power over the sovereign credit ratings of the countries.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Economia Monetária, Bancária e Financeira
URIhttp://hdl.handle.net/1822/28346
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Carlos Peixoto.pdf2,2 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis