Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/27996

TitleDeterminantes da produção do setor da construção civil português : "Será a produção do setor da construção influenciada pelo crédito à habitação?"
Author(s)Silva, Helena Maria Pereira da
Advisor(s)Thompson, Maria João Ribeiro
Sousa, Carla Susana Barbeitos de
KeywordsConstrução
Crédito
Habitação
Juros
Rendas
Spreads
Construction
Credit
Mortgages
Housing
Interest
Lace
Issue date2013
Abstract(s)A eclosão da crise financeira internacional, que ainda assola o nosso país, obrigou as instituições financeiras a recorrer a financiamento muito caro nos mercados internacionais. Esta situação reflete-se em maiores níveis de exigência e mais rigorosos critérios de seleção por parte da banca relativamente aos requerentes de crédito. Consequentemente o número de rejeições de novos pedidos de empréstimo tem aumentado consideravelmente. O crédito à habitação não constitui exceção a esta tendência restritiva. O segmento da habitação detém grande peso no setor da construção civil, tornando-o intimamente ligado à procura imobiliária, a qual depende das expectativas e necessidades da sociedade. O presente estudo tem como principal objetivo analisar a evolução do crédito à habitação e respetivas implicações no setor da construção civil, em Portugal, entre 1995 e 2010. Com este propósito, procura-se empiricamente os principais determinantes do Valor Acrescentado Bruto (VAB) do setor da Construção Civil. Os resultados obtidos permitem concluir, que o VAB da Construção Civil em Portugal é influenciado em parte pelo Crédito à Habitação, apesar de esta variável apresentar um baixo nível de significância estatística. De facto, encontra-se variáveis com maior poder explicativo sobre o VAB da Construção Civil, nomeadamente: (i) a Euribor (6 meses); (ii) a Taxa de Crescimento da População; (iii) o Indicador de Confiança na Construção; (iv) o índice de preços IHPC Habitação; (v) o Indicador de Clima Económico; e (vi) o Investimento Público. Ressalva-se, no entanto, que o presente estudo possui algumas limitações, as quais devem ser tomadas em consideração na análise das conclusões.
The outbreak of the international financial crisis that still plagues our country, has forced financial institutions to rely on very expensive funding in international markets. This situation resulted in more stringent selection criteria by the banks in respect of credit applicants. Consequently the number of rejections of requests for new loans has increased considerably. Mortgage lending is no exception to this restrictive trend. The housing sector holds great weight in the construction industry, making it closely linked to real estate demand, which, in turn, depends on society’s needs and expectations. The main goal of this study is to examine the evolution of mortgage lending and its respective implications in the civil construction sector, in Portugal between 1995 and 2010. For this purpose, we search empirically for the major determinants of the Gross Value Added (GVA) of the Civil Construction sector. The results indicate that the GVA of Construction in Portugal is influenced in part by Mortgage Lending, although this variable presents a low level of statistical significance. In fact, we find variables with greater explanatory power on GVA of Civil Construction, such as: (i) the Euribor (6 months); (ii) the growth rate of population; (iii) Construction Confidence Indicator; (iv) the price index HICP Housing; (v) the Economic Climate Indicator; and (vi) Public Investment. This study has, however, some limitations which should be taken into account when analyzing our main findings.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Economia Monetária, Bancária e Financeira
URIhttp://hdl.handle.net/1822/27996
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Helena Maria Pereira da Silva.pdf
  Restricted access
3,68 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID