Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/27376

TitleAnálise dos fluxos metabólicos em Saccharomyces cerevisiae a partir de D-xilulose como fonte de carbono utilizando Optflux
Author(s)Cavalcanti-Montano, I. D.
Suarez, C. A. G.
Sousa Jr., R.
Giordano, R. C.
Ferreira, E. C.
Zangirolami, T. C.
Rocha, I.
Issue date2013
Abstract(s)A viabilidade econômica da produção de etanol 2G depende da eficiente fermentação da fração hemicelulósica por S. cerevisiae. A xilulose, isômero da xilose e principal componente da hemicelulose do bagaço, pode ser convertida pela levedura em biomassa, etanol, xilitol ou outros metabólitos. A otimização da produção de etanol requer a análise do metabolismo da xilulose. Modelos metabólicos permitem efetuar simulações de sistemas biológicos, viabilizando o estudo in silico das respostas celulares perante perturbações ambientais e genéticas. Uma das técnicas mais usadas para estudos deste tipo é a Análise do Balanço de Fluxos Metabólicos (do inglês, FBA). Neste trabalho, usando o software OptFlux, foi aplicado o método “parcimonious FBA” ao modelo iND750 para estimar os fluxos metabólicos em condições de aerobiose e anaerobiose, utilizando xilulose como fonte de carbono. Os resultados das simulações foram comparados a dados experimentais e o modelo foi ajustado adicionando restrições de expressão em fluxos metabólicos da via pentose fosfato e de formação de biomassa. A produção de etanol só foi observada na condição anaeróbia, com favorecimento da seletividade para baixos fluxos de xilulose.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/27376
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CEB - Artigos em Livros de Atas / Papers in Proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
submission-3093-9495-field_submission_fulltext_file1.pdf257,77 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID