Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/2714

TitleO estado da arte em comunicação organizacional: 1900 – 2000: um século de investigação
Author(s)Ruão, Teresa
KeywordsCiências da comunicação
Comunicação organizacional
Pesquisa em comunicação organizacional
Issue date2004
PublisherUniversidade da Beira Interior (UBI)
CitationIn CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO EM CONGRESSO NA COVILHÃ : III SOPCOM, VI LUSOCOM e II IBÉRICO : actas dos congressos em Ciências da Comunicação, Covilhã, 2004. [CD-ROM]. Covilhã : Universidade da Beira Interior, 2004.
Abstract(s)A Comunicação Organizacional constitui uma área de especialidade das Ciências da Comunicação, com claro desenvolvimento nas últimas décadas do século XX. Embora o esforço de definição do campo conceptual em que se inscreve esteja longe de ser concluído, e os investigadores continuem a empenhar-se na identificação de pontos de interesse, no estabelecimento de fronteiras e na busca de referências comuns ao estudo da comunicação nas organizações. Neste trabalho, propomo-nos discutir a pesquisa desenvolvida na disciplina de Comunicação Organizacional, ao longo do seu percurso de emancipação e afirmação científica. Recorrendo à análise histórica e a uma revisão da investigação produzida na área, nos últimos 100 anos, faremos notar algumas tendências, teórico-metodológicas, e procuraremos demonstrar a maturidade atingida no campo. Por fim, discutiremos o actual “estado da arte”, apresentando os paradigmas de investigação emergentes, os desencontros enunciados e as pistas sugeridas para futuro.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/2714
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CECS - Atas em congressos | Seminários / conference proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
truao_VILusocom_2004.pdf112,97 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID