Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/25485

TitleInteligência social em alunos portugueses do ensino básico e secundário em função do sexo, idade e ano escolar
Author(s)Peixoto, Maria Elisabete
Advisor(s)Taveira, Maria do Céu
KeywordsInteligência social
Sexo
Idade
Ano escolar
Social intelligence
Gender
Age
School year
Issue date5-Jul-2013
Abstract(s)Actualmente existe uma necessidade de aprendizagem e de adaptação constantes, face a acelerados avanços científicos e tecnológicos. Esta necessidade conduz a uma revalorização do constructo da inteligência pela sociedade humana, entendendo-se que está na base do sucesso e bem-estar na vida escolar, profissional e pessoal, e do desenvolvimento económico e social. Este estudo caracteriza a inteligência social de alunos do 8º, 10º e 11º ano de escolaridade e testa prováveis diferenças nos resultados em função do sexo, idade e ano escolar. Participaram 1167 alunos [587 (50,3%) raparigas e 580 (49,7%) rapazes], com idades entre os 11 e os 25 anos (M= 14.83; DP = 1,89), a frequentar sete escolas públicas das zonas Norte, Centro e Sul do País. A inteligência social foi avaliada com a Prova Cognitiva de Inteligência Social (PCIS, Candeias, 2007). A análise de diferenças (ANOVA) realizou-se para os quatro índices da PCIS: resolução de problemas, motivação, autoconfiança, e familiaridade, em cada situação social e no total da prova. Os resultados indicam valores médios de inteligência social (entre 14,94 e 18,79), a existência de diferenças estatisticamente significativas (p<0,05) em função do sexo, idade e ano escolar, e efeitos da interação da idade com o ano escolar.
Currently there is a need for constant learning and adaptation, given the accelerated scientific and technological societal advances. This need leads to a revaluation of the construct of intelligence by human society, understanding that it is a basis for success and well-being in academic life, and in professional and personal spheres, and for economic and social development. This study characterizes the social intelligence of students in 8th, 10th and 11th grade and differences in results by sex, age and school year. Participants were 1167 students [587 (50.3%) girls and 580 (49.7%) boys] aged between 11 and 25 years old (M = 14.83, SD = 1.89), attending seven public schools in the north, center and south of the country. Social intelligence was assessed with the Cognitive Test of Social Intelligence (PCIS, Candeias, 2007). Difference analyses (ANOVA) were performed for the four indices of PCIS: problem solving, motivation, confidence, and familiarity, in every three social situations and in total scores. Results indicate average values of social intelligence (between 14.94 and 18.79), the existence of statistically significant differences (p <0.05) in results by gender, age and school year, and interaction effects of age with school year.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Escolar e da Educação)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/25485
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Elisabete Peixoto.pdf1,48 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID