Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/25420

TitleViolência sexual na conjugalidade : o papel da agressividade
Author(s)Pinto, Vânia Alexandra Pires
Advisor(s)Gonçalves, Rui Abrunhosa
KeywordsViolência sexual
Conjugalidade
Agressividade
Sexual violence
Marital relationships
Aggressiveness
Issue date12-Jul-2013
Abstract(s)Poucos estudos têm explorado a violência sexual na conjugalidade em contexto nacional. O objetivo deste estudo foi caracterizar os agressores conjugais de uma amostra forense e diferenciar aqueles que perpetraram violência sexual dos que não perpetraram este tipo de violência ao nível da agressividade e avaliar se esta é preditora da violência sexual em relacionamentos violentos. Foram analisados 69 processos da Unidade de Consulta em Psicologia da Justiça da Universidade do Minho. A violência sexual esteve presente em 14 casos (20.3%). Os agressores que perpetraram violência sexual apresentaram significativamente maiores níveis de agressividade, agressividade física e raiva. A regressão logística indica que por cada acréscimo de um ponto na raiva o risco de abuso sexual aumenta em 1.135. É fulcral nos programas de intervenção da violência conjugal abordar a agressividade dos ofensores, em especial, ao nível de estratégias de controlo da raiva.
Few studies have explored sexual violence in marital relationships in national context. The aim of this study was to characterize the marital aggressors in a forensic sample and differentiate the perpetrators of sexual violence and the perpetrators of nonsexual violence in the level of aggressiveness and assess whether this is a predictor of sexual violence in violent relationships. We analyzed 69 cases seen in Unit of Justice Psychology from the University of Minho. Sexual violence was present in 14 cases (20.3%). The aggressors who perpetrated sexual violence had significantly higher levels of aggressiveness, physical aggression and anger. The logistic regression indicated that the increase of one point in anger increased the risk of sexual violence in 1.135. It is essential in intervention programs addressing domestic violence works aggressiveness, in particular, strategies of anger control.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia da Justiça)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/25420
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vânia Alexandra Pires Pinto.pdf1,74 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID