Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/24220

TítuloA animação sociocultural e a tranformação do tempo - livre em tempo de ócio, como promoção do envelhecimento ativo
Autor(es)Rodrigues, Sara Isabel Araújo
Orientador(es)Antunes, Maria da Conceição Pinto
Data2012
Resumo(s)O envelhecimento é um processo natural e biológico inerente a todos os indivíduos e, que ocorre desde que somos gerados, até ao momento em que morremos. A Europa é a zona a nível mundial, com um índice de envelhecimento mais elevado e, que tende a duplicar em 2050, sendo Portugal um dos países europeus mais envelhecidos. O envelhecimento tornou-se num desafio em termos económicos, socias e geracionais, contudo, pode, também, representar uma forte oportunidade para valorizarmos os mais velhos, se os governos, as organizações internacionais e a sociedade civil incrementarem um conjunto de políticas e programas de envelhecimento ativo. Neste sentido, torna-se relevante pensar na importância de se (re) criarem condições e oportunidades para que o idoso possa gozar de um conjunto de ações capazes de o fazerem gozar de um envelhecimento bem-sucedido e, capazes de lhe proporcionarem qualidade de vida. O trabalho de intervenção que levamos a cabo na Junta de Freguesia de Tabuaças, procurou relevar a importância da criação de um espaço, no qual, com a ocupação dos tempos – livres dos idosos podíamos contribuir para o envelhecimento ativo, utilizando como estratégia a animação sociocultural. Através desta metodologia foram desenvolvidas diversas atividades – tipo que procuraram atingir os objetivos propostos e, que foram avaliadas trimestralmente pelos idosos. Com o presente relatório, apoiado na intervenção realizada, pretendemos refletir sobre a animação sociocultural, como uma estratégia capaz de promover o envelhecimento ativo.
Aging is a natural and biological process inherent to all individuals, it occurs since we are born, until the moment we die. Europe is the zone in the world, with the higher rate of aging, and that tends to double in 2050, Portugal is one of Europe's most aged country. Aging has become a challenge in economic, social and generational terms, however, it may also represent a strong opportunity to value the old people, if governments, international organizations and civil society further increase a set of policies and programs for aging active. In this way, it is relevant to think about the importance of (re) creating conditions and opportunities for the elderly to enjoy a set of actions capable of doing so and enjoy of a successful aging, and able to provide them with a high quality of life . The intervention work was done in of Parish of Tabuaças,it was tried to convey the importance of creating a space in which, with the occupation of free time of the elderly could contribute to active aging, using a strategy of sociocultural animation. It were developed various activities that tried to achieve the proposed goals and which were evaluated quarterly by the elderly. With this report, supported by the intervention performed, we intend to reflect on the socio-cultural animation, as a strategy capable to promote active aging.
TipomasterThesis
DescriçãoRelatório de estágio de mestrado em Educação (área de especialização em Educação de Adultos e Intervenção Comunitária)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/24220
AcessorestrictedAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sara Isabel Araújo Rodrigues.pdf3,6 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis