Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/24193

TítuloA animação sociocultural como forma de intervenção na promoção do bem-estar e da qualidade de vida de crianças - jovens oncológicos
Autor(es)Santos, Adriana Maria Santos dos
Orientador(es)Antunes, Maria da Conceição Pinto
Data2012
Resumo(s)O presente relatório constitui a síntese do estágio realizado no âmbito do processo formal do Mestrado em Educação, especialização em Educação de Adultos e Intervenção Comunitária, do Instituto de Educação da Universidade do Minho, sendo desenvolvido numa Associação que apoia crianças e jovens vítimas de cancro. Neste estágio pretendíamos destacar quais as dificuldades, necessidades e possibilidades de garantir às crianças e adolescentes oncológicas, com idades compreendidas entre os 3 e os 16 anos, momentos lúdico pedagógicos que lhes permitissem desenvolver, não só competências e aptidões, como também, melhorar a sua qualidade de vida. Tendo em conta os objetivos, a finalidade e o contexto, a presente intervenção conta com metodologias do paradigma qualitativo como linhas orientadoras, pois a nossa finalidade de intervenção recai sobre uma realidade específica e sobre a promoção da mudança a partir da participação ativa de cada implicado. Igualmente, adotámos uma postura etnográfica não só para descrever os factos observados, mas também para obter uma análise profunda do que observámos e para a compreendermos. Após o fim da nossa intervenção, todos os participantes vivenciaram novas experiências, aprenderam a valorizar e respeitar o trabalho dos colegas, tornaram-se mais comunicativos e participativos e ganharam competências e aptidões que serão favorecedoras ao seu desenvolvimento.
This report is a synthesis stage conducted within the formal process of the Master of Education with a specialization in Adult Education and Community Intervention, Institute of Education of the University of Minho, being developed in an Association which supports children and young cancer victims. On-the-job training I wanted to highlight what kind of difficulties, needs and possibilities to ensure that children and adolescents with cancer, with ages within 3 to 16 years old, by teaching playful moments that allowed them to develop not only skills and abilitie but also improve their quality of life. Taking into account the objectives, purpose and context, this intervention has the qualitative paradigm methodologies as guidelines. Thus, once the stage has been developed in a context of community intervention, it has a very strong expression/action participatory research, since our purpose of intervention is on a specific reality and on promoting change from the active participation of each implicated. Also, we’ve adopt an ethnographic approach not only to describe the observed facts, but also for a deep analysis of what we’ve observed in order to understand it. After the end of our intervention, all participants have experienced new experiences, learned to value and respect the work of others, become more communicative and participative and gained skills and abilities that are being a very important support to their development.
TipomasterThesis
DescriçãoRelatório de estágio de mestrado em Educação (área de especialização em Educação de Adultos e Intervenção Comunitária)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/24193
AcessorestrictedAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Adriana Maria Santos dos Santos.pdf4,59 MBAdobe PDFVer/Abrir  Solicitar cópia ao autor!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis