Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/23681

Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorRamos, Rui Lima-
dc.contributor.authorFerreira, Sónia Margarida Martins-
dc.date.accessioned2013-04-12T14:01:21Z-
dc.date.available2013-04-12T14:01:21Z-
dc.date.issued2013-03-08-
dc.date.submitted2013-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/1822/23681-
dc.descriptionDissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Supervisão Pedagógica em Ensino do Português)por
dc.description.abstractO objetivo deste estudo é refletir sobre o papel que a escrita, enquanto instrumento de aprendizagem, pode desempenhar no contexto da escola, concretamente ao nível do 7º ano de escolaridade. Começamos por fazer um enquadramento teórico a partir do conceito de escrita e os diferentes processos e subprocessos envolvidos nesta competência e abordar mais concretamente o modelo de escrita de Flower e Hayes. Posteriormente, passamos à caracterização do contexto português, primeiro ao nível dos manuais escolares de português, depois dos próprios programas. Sem dúvida que os manuais desempenham um papel fundamental no contexto educativo. Intermediários entre o Programa e as aprendizagens ensinadas aos alunos, são os instrumentos mais utilizados e servem de suporte aos docentes para a transmissão e a aquisição de saberes. Neste estudo, procuramos compreender até que ponto os manuais escolares de Português de 7º ano, em vigor pela primeira vez no ano letivo de 2011/2012, adotando as diretrizes do NPPEB, proporcionam aos alunos o desenvolvimento da competência escrita, tendo em conta o que se sabe sobre os diferentes processos implicados na composição de um texto. Estes manuais foram analisados, com o objetivo de verificar se propõem atividades de escrita que levem os discentes/escreventes a criar ideias, definir objetivos, escolher os modos de organização textual, comporem e reverem o seu texto. Analisamos ainda que tipo de atividades contemplam e que tipologia textual mais abordam. Os resultados obtidos demonstram que a competência da escrita continua a ser perspetivada não totalmente na sua vertente processual, pois nem todos os processos de escrita são contemplados, dando-se predominância a uns em detrimento de outros. Porém, houve mudanças face ao passado, nomeadamente, ao nível do subprocesso planificação, que começou a ser mais valorizado.por
dc.description.abstractThe purpose of this study is to reflect the role that writing can play in the context of the school as an instrument for learning, specifically at the level of the 7th grade. We begin by making a theoretical framework based on the concept of writing and develop the different processes and sub-processes model engaged in the Flower and Hayes` skill models for writing. After that we move on with the characterization of the Portuguese context connected to the textbooks and the Portuguese Program. Textbooks play undoubtedly a vital role in the educational context. They act as intermediates between the Portuguese Program and the teaching- learning process and they are the most used teacher`s tools and support for the transmission of knowledge. In our study, we tried to understand how far the 7th grade/year Portuguese textbooks, being used for the first time in the 2011/2012 school year and adopting guidelines from New Program for Basic Education, provide students the development of the written skill, taking account of what we know, about the different processes implied on the composition of a written text. The textbooks were analyzed in order to verify if the proposals for the preparation of written texts lead students to create ideas, set their objectives, choose their ways of textual organization, compose and revise their text. We also review what kind of activities the textbooks behold and what kind of text typology they best cover. The results show that the writing skill is still not fully foreseen in its procedural dimension, since not all writing processes are contemplated, giving predominance to some over others. However, there have been changes over the past, especially in terms of the planning sub process, which began to be worthy used.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectManual de portuguêspor
dc.subjectProcessos e subprocessos de escritapor
dc.subjectPortuguese textbookpor
dc.subjectWritten processes and sub processespor
dc.titleAtividades de escrita nos manuais escolares de ensino básicopor
dc.typemasterThesispor
dc.subject.udc806.90:372.88por
dc.subject.udc372.88:806.90por
dc.subject.udc371.671por
sdum.uoeiInstituto de Educaçãopor
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CIEd - Dissertações de Mestrado em Educação / MSc Dissertations in Education

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sónia Margarida Martins Ferreira.pdf4,5 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID