Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/22794

TitleDeterminantes da integração vertical : uma análise de empresas portuguesas
Author(s)Barros, Patrícia Maria Araújo de
Advisor(s)Barbosa, Natália
KeywordsIntegração vertical
Determinantes de integração vertical
Modelo logit
Dados em painel
Dados agrupados
Vertical Integration
Determinants of vertical integration
Logit model
Panel data
Grouped data
Issue date2012
Abstract(s)Várias são as abordagens que tratam a integração vertical, sendo de destacar a abordagem dos custos de transação assim como a dos direitos de propriedade. No entanto, também foram referenciadas neste estudo abordagens mais recentes tal como a perspetiva das competências de Foss (1993) ou o contributo de Grossman e Helpman (2002). Com base nestas abordagens e em estudos teóricos e empíricos realizados por diversos autores, são identificados e estudados nesta dissertação alguns possíveis fatores determinantes de integração vertical, sendo eles a intensidade tecnológica, ativos humanos específicos, intensidade competitiva, concentração geográfica da indústria onde a empresa está inserida, dimensão da empresa, facilidade de obtenção de capitais e por último a localização da empresa. Através da estimação de modelos logit, um para dados em painel considerando a existência de efeitos específicos fixos à empresa e outro, considerando a estrutura dos dados agrupados, com correção dos desvios-padrão, foram quantificados os impactos destes determinantes na probabilidade de integração vertical das empresas Portuguesas. Para tal, foi usada a base de dados dos Quadros de Pessoal, que reúne informação relativa às empresas Portuguesas, aos seus estabelecimentos e trabalhadores. Os resultados obtidos permitem assim identificar que para as empresas Portuguesas 1) existe um efeito positivo e negativo entre intensidade tecnológica da indústria onde a empresa se encontra inserida e integração vertical; 2) um maior número de trabalhadores específicos à empresa aumenta a probabilidade de integração vertical das mesmas; 3) um aumento de concorrência associado a um maior número de fornecedores e/ou produtores na indústria diminui a probabilidade de integração vertical das empresas; 4) existe um efeito positivo associado ao aumento da concentração geográfica das indústrias e integração vertical; 5) as empresas de maior dimensão têm uma maior probabilidade de integração vertical; 6) existem efeitos opostos do determinante facilidade de obtenção de capitais medido através da idade da empresa e da participação estrangeira no capital social da empresa na probabilidade de integração vertical das empresas Portuguesas.
In this study, some possible determinants of vertical integration are identified and discussed, namely, technological intensity, human asset specificity, competitive intensity, the geographic concentration of the industry, firm size, easiness in obtaining capital, and firm location. Then, the estimation of logit models, one for panel data and another to consider the structure of clustered data, was used to quantify the impacts of these determinants on the likelihood of vertical integration in Portuguese firms. For this purpose, the dataset Quadros de Pessoal is used. This dataset reports information regarding Portuguese firms, establishments and their workers. The results led to the following conclusions for Portuguese firms: 1) there is a positive and a negative relationship between vertical integration and technological intensity; 2) a greater number of human asset specific increases the likelihood of vertical integration; 3) increased competition associated to a greater number of suppliers and / or manufacturers in the industry decreases the likelihood of vertical integration; 4) there is a positive impact associated with an increase in concentration industry in vertical integration; 5) large firms have a greater likelihood of vertical integration; 6) there are reverse effects associated with the determinant easiness to obtain capital measured by the firm´s age and the foreign participation in the share capital of the company on the likelihood of vertical integration of Portuguese companies.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Economia Industrial e da Empresa
URIhttp://hdl.handle.net/1822/22794
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
EEG - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE.pdf1,77 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID