Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/22217

TitleEstudo da capacidade antioxidante de compostos fenólicos baseado em electrólises galvanostáticas
Author(s)Pereira, Nelson
Santos, Carlos
Oliveira, Raquel
Bento, M. Fátima
Geraldo, M. Dulce
KeywordsRadicais hidroxilo
Antioxidantes
Electrólises galvanostáticas
Issue date8-Jun-2012
Abstract(s)A caracterização da capacidade antioxidante de moléculas e de alimentos tem captado a atenção de investigadores em diferentes áreas dada a ação dos antioxidantes no retardamento de processos oxidativos que estão na origem do stresse oxidativo. Dentro dos métodos convencionais utilizados na avaliação da capacidade antioxidante destacam-se os métodos óticos baseados na análise da resposta do antioxidante ao ataque oxidativo por espécies reativas que podem ser adicionadas ou geradas durante o ensaio1, 2. A utilização de métodos eletroquímicos permite a geração de oxidantes fortes que são utilizados em titulações coulométricas de antioxidantes3. Alternativamente os métodos eletroquímicos permitem caracterizar diretamente os processos de transferência electrónica característicos da ação redutora do antioxidante por voltametria cíclica4, através do potencial e da intensidade de corrente. Mais recentemente foi proposto pelo nosso grupo um método alternativo para a avaliação do poder redutor dos antioxidantes denominado RACE5, que através de eletrólises potenciostáticas, permite caracterizar e quantificar a ação antioxidante através de um parâmetro absoluto que traduz a concentração da espécie reativa que este tem capacidade para neutralizar. Neste trabalho é apresentado um estudo envolvendo um conjunto de antioxidantes em que o seu comportamento é caraterizado em eletrólises galvanostáticas em condições em que ocorre a simultânea evolução de oxigénio. É sabido que a decomposição de água envolve a formação de radicais HO que ficam adsorvidos na superfície do ânodo6. Estes radicais altamente reativos podem participar em reações de oxidação com outras espécies presentes em solução. A sua aplicação tem sido amplamente estudada no âmbito da mineralização de materiais orgânicos em efluentes6. Assim, o consumo dos antioxidantes, bem como a sua suscetibilidade à variação da intensidade de corrente, são testados de modo a desenvolver um método alternativo para avaliar o carácter scavenger de antioxidantes. O método proposto foi testado utilizando compostos fenólicos da família do ácido gálico.
TypeAbstract
URIhttp://hdl.handle.net/1822/22217
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CDQuim - Comunicações e Proceedings

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Estudo da capacidade antioxidante de compostos fenólicos baseado em electrólises galvanostáticas.pdfDocumento300,99 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID