Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/21494

TitleCapacidade de carga de fundações superficiais em maciços rochosos de acordo com o EC7
Other titlesBearing capacity of spread foundations on rock masses according to EC7
Author(s)Miranda, Tiago F. S.
Martins, Francisco F.
Araújo, Nuno Miguel Faria
KeywordsMaciços rochosos
Fundações
Eurocódigo 7
Capacidade de carga
Issue dateApr-2012
PublisherSpg
Abstract(s)O Eurocódigo 7 (EC7) define diretivas para o projeto de fundações superficiais assentes em maciços rochosos e apresenta o exemplo de um método para estimar a capacidade resistente presumida deste tipo de fundação. Contudo, o mesmo não tem em conta importantes fatores que influenciam a capacidade de carga da fundação, o que pode ser considerado como uma importante limitação. Neste trabalho, o método recomendado pelo EC7 é comparado com dois métodos existentes na literatura. São utilizados dois casos de estudo simples e os resultados são comparados. Da análise dos resultados detetou-se que a capacidade resistente obtida utilizando o método do EC7 é a menos conservativa num dos casos analisados e a mais conservativa, conjuntamente com um dos métodos alternativos, no outro caso estudado. Isto revela que o método preconizado pelo EC7 deve ser usado com precaução mesmo em casos muito simples.
In Eurocode 7 (EC7), some guidelines are provided for the design of spread foundations built on rock masses and a method for the calculation of the bearing capacity for this type of foundations is suggested. However, this method does not take into account important factors that influence the bearing capacity of the foundation, which can be an important limitation of the method. In this work, the EC7 method is compared with two other methods that can be found in literature. They are applied to two simple examples and the results are compared. The results revealed the EC7 method as the least conservative in one of the analysed cases and the greatest conservative, jointly with other used method, in the other studied case. This means that the EC7 method should be used with caution even for very simple cases.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/21494
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:C-TAC - Comunicações a Conferências Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
13CNG_ Miranda_Martins_Araujo_artigo.pdf102,98 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID