Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/20351

TitleAs relações negociais entre jornalistas e fontes : o caso da saúde
Author(s)Araújo, Rita Alexandra Manso
Advisor(s)Lopes, Felisbela
KeywordsComunicação de saúde
jornalismo de saúde
Fontes de informação
Negociação
Jornalistas
Health communication
Health journalism
Information sources
Negotiation
Journalists
Issue date2012
Abstract(s)Este trabalho pretende estudar as relações negociais entre jornalistas e fontes de informação, no campo da saúde. Para isso, utilizaram-se três ferramentas metodológicas distintas: a análise quantitativa das notícias sobre saúde publicadas durante 0 período de estágio; a análise de conteúdo de questionários aplicados a oito jornalistas que cobrem assuntos de saúde; e a observação feita na redação. Privilegiou-se a análise de conteúdo (quantitativa e qualitativa) dos questionários por ser a metodologia que melhor responde as questões colocadas, permitindo compreender as perceções que os jornalistas têm do seu próprio trabalho e da relação que mantém com as suas fontes. Embora não tenha havido formulação explícita de hipóteses, partiu-se do pressuposto de que a especialização do jornalista influencia a sua relação com as fontes na área da saúde. Percebemos que o jornalismo de saúde se faz com recurso a fontes de informação. São maioritariamente identificadas, masculinas, falam a uma escala Nacional e, quanto ao estatuto, são especializadas institucionais fora do campo da saúde. Este é o perfil tratado através da amostra que recolhemos e que é constituída por um corpus de análise de 20 peoas noticiosas publicadas no jornal PUBLICO. Tendo como base teórica a Comunicação e Jornalismo na Sande e as relações de negociação entre jornalistas e fontes de informação, este estudo tem como ponto de partida uma experiência de estágio de três meses na redação principal do jornal PUBLICO. Os questionários aplicados aos jornalistas dizem-nos que, em relação a construção de notícias de saúde, a maior dificuldade dos jornalistas é o acesso a informação e as fontes, especialmente a fontes “credíveis” e “independentes”. A relação estabelecida entre os jornalistas e as suas fontes têm um caracter negocial, que contribui para uma espécie de “dança" entre ambas as partes.
The aim of this research is to study the negotiation between journalists and sources within the health field. Our approach is based on three different and complementary research tools, namely: a quantitative analysis of all the health news published during the three month internship at PUBLICO; a content analysis of the surveys answered by eight journalists who cover health issues; and a description of the observation in the newsroom. The surveys’ content analysis (quantitative and qualitative) was the preferred method because it was considered the best option to provide answers to the questions asked. It allows us to understand journalists’ perceptions on their own work and on the relationship with information sources. Although there are no explicit hypotheses, we presume that the journalist's specialization influences his/her relationship with sources within health field. Our understanding is that health journalism is made with sources. They are mainly identified, male, talk on a national level and as for their status they are specialized and institutional outside health field. This is the profile that results from our sample, a corpus of analysis of 20 news published in the daily newspaper PUBLICO. Our work is placed in the disciplinary field of Health Communication and Journalism and the negotiation between journalists and sources. This research is developed from an internship experience of three months in the main newsroom of PUBLICO. The data collected from the surveys indicate that journalists’ main problem is the access to information and sources, especially “credible and independent” ones. Therefore, the relationship between journalists and sources is often seen as one of negotiation, which contributes to a “dance” between them.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Ciências da Comunicação (área de especialização em Informação e Jornalismo)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/20351
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
CECS - Dissertações de mestrado / Master dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rita Alexandra Manso Araújo.pdf4,47 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID