Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/19980

TitleSoilProtec - medidas de emergência para proteção do solo pós-incêndios : desenho experimental
Author(s)Gonçalves, António Bento
Vieira, António
Lourenço, Luciano
Nunes, Adélia
KeywordsIncêndios florestais
Severidade
Erosão do solo
Medidas de emergência
Forest fires
Severity
Soil erosion
Emergency measures
Issue date2012
PublisherUniversidade Federal do Amazonas. Departamento de Geografia
JournalRevista Geonorte
CitationBento-Gonçalves, António; Vieira, António; Lourenço, Luciano; Nunes, Adélia. SOILPROTEC – Medidas de emergência para proteção do solo pós-incêndios. Desenho experimental, Revista GeoNorte, 1, 4, 998-1010, 2012.
Abstract(s)Portugal é anualmente percorrido por incêndios, existindo uma tendência positiva para o aumento anual do seu número e da respetiva área ardida, bem como um aumento da recorrência (Ferreira-Leite et al., 2011) e do número e dimensão dos grandes incêndios (Ferreira-Leite, 2010). Como consequência, aumenta a erosão da camada superior dos solos, onde se localizam, na maioria dos solos portugueses, os únicos nutrientes existentes (Burchet al. 1989; Lourenço e Bento-Gonçalves 1990; Lourenço et al., 1989;Imeson et al. 1992; Shakesbyet al. 1993; Scott &Schulze 1992; Scott 1993; Andreu etal. 1994; Coelho et al. 1995a, b; Piersonet al. 2002, Coelho et al. 2004; Cerdà&Lasanta 2005; Benavides-Solorio&MacDonald 2005, Bento-Gonçalves et al., 2008). Num clima de características mediterrâneas, a máxima exportação dos sedimentos normalmente acontece nos primeiros 4/6 meses após os incêndios (Shakesbyet al., 1993, Bento-Gonçalves e Coelho, 1995, Shakesbyetal., 1996, Walsh, 1998; Ruiz e Luque, 2010, Bento-Gonçalves e Lourenço, 2010, Vega et al., 2010). A maioria dos proprietários florestais não se mostra muitas vezes recetiva ao investimento em medidas de proteção do solo após incêndios, devido ao baixo rendimento e ao alto risco que o investimento na floresta implica.Assim, o projeto SoilProtec - Medidas de emergência para proteção de solos após incêndios florestais (Financiado pelo CEGOT – Centro de Estudos em Geografia e Ordenamento do Território.) visa testar medidas de emergência, de baixo custo, a aplicar na proteção de solos, imediatamente após incêndios florestais de baixa/média severidade, com base em medições efetuadas em povoamentos de Pinuspinaster na serra do Gerês.
Portugal is traversed each year by fires, showing a positive trend for an annual increase in their number and in the area scorched, as well as an increase in the recurrence of fires (Ferreira-Leite et al., 2011) and occurrence of large fires (Ferreira-Leite, 2010). As a consequence, the erosion of the top layer of soil occurs. In most Portuguese soils, it is in these layers that the only nutrients are available (Burch et al. 1989; Lourenço e Bento-Gonçalves 1990; Lourenço et al., 1989; Imesonet al. 1992; Shakesbyet al. 1993; Scott & Schulze 1992; Scott 1993; Andreu et al. 1994; Coelho et al. 1995a, b; Pierson et al. 2002, Coelho et al. 2004; Cerdà&Lasanta 2005; Benavides-Solorio& MacDonald 2005, Bento-Gonçalves et al., 2008). In a climate of Mediterranean characteristics, the export of sediments and nutrients usually occurs within the first 4 / 6 months after the fire, so it is essential to study and implement a set of solutions that reduce the loss of materials (Shakesbyet al., 1993, Bento-Gonçalves e Coelho, 1995, Shakesbyetal., 1996, Walsh, 1998; Ruiz e Luque, 2010, Bento-Gonçalves e Lourenço, 2010, Vega et al., 2010). Most measures to protect the soil after fires are relatively expensive and difficult to apply. Thus, the project Soil Protec - Emergency measures to protect soils after forest fires (Funded by CEGOT – Centro de Estudo sem Geografia e Ordenamento do Território) - aims to test low cost treatments to reduce soil erosion immediately after low/medium severity forest fires in Pinuspinaster stands in the northwest of Portugal.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/19980
ISSN2237-1419
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:CEGOT - Artigos em revistas internacionais com referee
GEO - Artigos em revistas internacionais com referee


Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID