Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/19611

TitleEmpreendedorismo e crescimento económico : o caso de Angola
Author(s)Mendes, Ana Isabel Marques
Advisor(s)Pinho, José Carlos M.
KeywordsEntrepreneurship
Economic growth
Angola
GEM
Issue date2012
Abstract(s)O presente trabalho tem como principal objectivo contribuir para o conhecimento do empreendedorismo nos países em vias de desenvolvimento e, em particular, em Angola, mostrando a forma como os especialistas nacionais da área vêem o empreendedorismo, a forma como este é incentivado, ou não, e os meios que tem ao seu alcance para se desenvolver, bem como as desigualdades existentes entre as diferentes formas de empreendedorismo, entre outros aspectos considerados relevantes. A questão central prende-se com a extensão da ajuda dada pelo governo central de Angola ao empreendedorismo. Para dar-lhe resposta começou-se pela caracterização geral do empreendedorismo e suas nuances, e pelo desenvolvimento das condições do território angolano, de forma a enquadrar as condições do empreendedorismo na sua cultura. Foram então analisadas as 16 condições estruturais do empreendedorismo determinadas pelo GEM – Global Entrepreneurship Monitor, primeiro através de uma revisão literária a cada uma das condições e seu devido enquadramento na sociedade angolana e, depois, pela análise às respostas recebidas por especialistas nacionais ao inquérito GEM objecto de estudo. Os resultados mostram que, na visão dos especialistas consultados, as ajudas ao financiamento de projectos empreendedores são parcialmente insuficiente (nível 2, numa escala de 1 a 5); os programas e políticas governamentais têm resultados médios similares (também de 2) e ainda que o acesso a infra-estruturas físicas seja considerado positivo (4), a generalidade dos aspectos analisados contribuem para a percepção de que ainda há muito a fazer para desenvolver o apoio à criação de novas empresas no país, ainda que seja bem conceituado o ideal do empreendedorismo em Angola ( resultados médios de 3), sendo a cultura nacional em Angola vista como encorajadora do empreendedorismo. O estudo realizado contribuiu assim para o aprofundamento do conhecimento da sociedade angolana, em particular no que concerne a forma como os empreendedores são vistos, ensinados e ajudados pela sociedade em geral, na perspectiva dos especialistas nacionais que acederam responder ao inquérito. Da mesma forma, contribui para o aprofundamento de conhecimentos em relação a países em vias de desenvolvimento e à relação existentes entre os vários ‘players’ do seu mercado, desde políticos, aos media e à sociedade em geral.
This paper main goal is to enhance knowledge about entrepreneurship in developing countries and, particularly, in Angola. It shall demonstrate how national specialists see entrepreneurship, the supports it receives and the existing means to develop it, as well as the differences within entrepreneurship, and other important aspects. The central issue concerns the extension of the help given by Angola’s central government to entrepreneurship and its relationship to economic growth. To develop it, it starts with entrepreneurship general characterization and variations, and by the Angolan territory features, to insert entrepreneurship in Angola’s culture. Next, a research on the 16 structural conditions determined by GEM – Global Entrepreneurship Monitor – was conducted; first, with a bibliographic review to those conditions, isolated, and in Angola’s environment; and then, an analysis was made to the answers given by the national specialists to GEM national report. The results show that consulted specialist consider the financing of entrepreneurship projects are partially insufficient (level 2, in a scale from 1 to 5); also, governmental programs and policies have similar average results (also 2) and although the access to physical infrastructures had a positive analysis (4), most studied aspects contribute to the perception that there is still a lot to do, in order to develop the creation of new companies in the country. This study shall add, thou, knowledge concerning the Angolan society, particularly in the way entrepreneurships are seen, taught and helped by society, in the perspective of the national specialists that answered to the survey. It has also helped stepping up in knowledge concerning developing countries and the existing relationships between different ‘players’ in the market, from politicians to media, and society.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Marketing e Gestão Estratégica
URIhttp://hdl.handle.net/1822/19611
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Isabel Marques Mendes.pdf2,35 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID