Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/19499

TítuloO "estilo tardio" de Vergílio Ferreira
Autor(es)Cunha, Carlos Manuel F. da
Palavras-chaveEstilo tardio
Vergílio Ferreira
DataMai-2012
EditoraAtravés Editora
Resumo(s)Procuraremos analisar a última fase da obra de Vergílio Ferreira a partir da teorização de Edward Said sobre o “estilo tardio” (2004, 2006), que refere duas hipóteses principais (resignação ou não aceitação/contradição). No caso de Vergílio, parece-nos claro que, a partir de Para Sempre, esse “estilo tardio” tem a marca da contradição. Por um lado, Vergílio fala da resignação e revela uma serena maturidade. Mas, por outro lado, exalta o papel quase religioso (no sentido etimológico) da ficção (Sandra é uma das expressões dessa sacralização), o que é sinal de uma não aceitação das limitações da existência.
TipobookPart
DescriçãoO estilo tardio de Vergílio Ferreira”, in Petrov, Petar; Sousa, Pedro Quintino de; Samartim, Roberto López-Iglésias & Torres Feijó, Elias J. (eds.) – Avanços em Literatura e Cultura Portuguesas. Século XX. Vol. 1, Santiago de Compostela - Faro, Associação Internacional de Lusitanistas – Através Editora, 2012, pp. 31-40 [ISBN- 978-84-87305-57-3 ].
URIhttp://hdl.handle.net/1822/19499
ISBN978-84-87305-57-3
Arbitragem científicayes
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:CEH - CLit - Livros e Capítulos de Livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
O estilo tardio de Vergílio Ferreira.pdfDocumento principal196,36 kBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis