Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/18837

TítuloAspectos económicos do sector das farmácias : uma análise da evolução dos últimos 5 anos
Autor(es)Queirós, Sónia Isabel Conde Marinho de
Orientador(es)Martins, Maria Lurdes Castro
Data2011
Resumo(s)Nos últimos 5 anos, o sector das farmácias em Portugal passou por um conjunto de mudanças, que tornaram o sistema português um dos mais desregulados da Europa. Essa alteração, as políticas do medicamento e a conjuntura económica e social do país, reflectem-se na forma como o sector se organiza e evolui. Assiste-se a nível internacional a uma reorientação da actividade da farmácia para uma acção mais interventiva ao nível da prestação dos cuidados de saúde, que vão mais além do que a mera dispensa do medicamento. Há uma responsabilização crescente das farmácias na promoção da saúde, prevenção da doença e utilização racional do medicamento, quer seja por iniciativa da classe profissional, quer seja, por regulação dos Estados, que atribuem maiores responsabilidades às farmácias. Neste trabalho caracteriza-se a evolução da performance do sector das farmácias em Portugal nos últimos 5 anos, de forma a retratar a actual situação do sector, após as medidas tomadas em 2005, que resultaram em profundas alterações no modelo organizacional das farmácias. Dá-se particular destaque à qualidade das farmácias, analisando-se características do serviço que possam de alguma modo beneficiar o bemestar social, tanto ao nível do acesso, como na maximização de ganhos em saúde Os resultados encontrados indicam que as farmácias prestam um serviço de qualidade, verificando-se alargamento de horários e dos serviços prestados. Observouse uma boa implementação de serviços essenciais e uma aposta em serviços mais diferenciados, especialmente focados na promoção da saúde e prevenção da doença, como a administração de vacinas e as consultas de nutrição. À semelhança da situação internacional, também as farmácias portuguesas parecem estar a redireccionar a sua actividade para serviços mais centrados no doente, respondendo às necessidades em saúde da população.
In the last five years, the pharmacy sector in Portugal has experienced several changes which resulted in a deep structural reform. Currently, the Portuguese pharmacy system is one of the most deregulated in Europe. This reform, the pharmaceutical policies and the economic and social conditions reflected in the organization and evolution of the pharmacy sector. At international level, there has been a reorientation of pharmacy intervention, becoming more and more active in the provision of health care. There is a growing responsibility of pharmacies in health promotion, disease prevention and rational use of medicines, whether at the initiative of the professional class, either by regulation of the State, who gives more responsibility to pharmacies. This paper characterizes the pharmacy sector’s performance evolution over the last 5 years. The goal is to describe the sector’s current situation, after the measures taken in 2005, which resulted in profound changes in the organizational model of pharmacies. It gives particular emphasis to the quality of pharmacy, analyzing service features that may benefit the welfare, both in terms of access and maximization of health outcomes. The results indicate that pharmacies provide a high quality service, verifying the existence of extended opening hours and services provided. There is a good implementation of essential services and some services more differentiated, especially focused on health promotion and disease prevention, as the administration of vaccines and nutrition consultations. The Portuguese pharmacies seem to be redirecting its activity to a more patientcentered, responding to unmet health needs of the population through differentiation and quality of services.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Economia e Política da Saúde
URIhttp://hdl.handle.net/1822/18837
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado
NIMA - Dissertações de Mestrado/Master Theses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese_soniaqueiros.pdf3,33 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis