Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/1876

TitleReprodução biológica e reprodução social: comportamentos diferenciais oitocentistas nas Lajes do Pico
Author(s)Amorim, Maria Norberta
KeywordsHistória
Demografia histórica
Lajes do Pico
Issue date2004
PublisherAsociación de Demografía Histórica (ADEH)
JournalRevista de Demografía Histórica
Citation"Revista de Demografía Histórica". ISSN 1696-702X, Vol. 22, Nº 1, 2004, págs. 43-76
Abstract(s)Uma base de dados centrada no individuo, com ligações genealógicas a ascendentes e descendentes. constitui um importante instrumento de trabalho para o estudo da reprodução biológica ou social. A vila açoriana das Lajes do Pico, com poucas manchas de terreno fértil e atração pelo mar, foi reconstituída entre o século XVIII e o XX pela nossa metodologia de reconstituição de paróquias. Num quadro reprodutivo clássico, a análise demográfica evidenciou uma mortalidade particularmente suave e importantes surtos emigratórios. O cruzamento de fontes permitiu análises diferenciais, encontrando-se alguma heterogeneidade de comportamentos. Relativamente aos trabalhadores rurais, os marítimos fixaram mais na comunidade os seus netos, afirmando-se demograficamente ao longo do século XIX. Os pequenos proprietários desenvolveram estratégias para uma reprodução social no mesmo nível, pelos casamentos tardios no mesmo grupo, pelo celibato e pela emigração, mas o equilíbrio social num sistema de herança igualitária tornava-se precário. Os grandes proprietários urbanos casavam entre si ou procuravam no exterior as alianças que lhes faltavam no meio.
TypeArticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/1876
ISSN1696-702X
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:GHP/CITCEM - Artigos em Revistas Internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ADEH_Reproducao.pdf123,67 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID