Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/18214

TitleO ordenamento e a estruturação em rede das áreas de acolhimento empresarial do Ave a partir de uma análise multi-critério
Author(s)Fonseca, Fernando Pereira da
Ramos, Rui A. R.
KeywordsAcolhimento empresarial
Análise multicritério
espaços empresariais
Ave
Ranking espaços
Issue date2010
PublisherAssociação Portuguesa para o Desenvolvimento Regional (APDR)
Abstract(s)As áreas de acolhimento empresarial (AAE), entendidas como espaços infra- estruturados para a localização de actividades económicas, prosseguem objectivos explícitos ao nível do ordenamento do território, da competitividade, do desenvolvimento territorial e do ambiente. A qualificação e o ordenamento destes espaços constituem acções fundamentais para reforçar a competitividade quer das empresas, quer dos territórios. O paper apresenta os resultados de um estudo de qualificação e de ordenamento empresarial realizado no Ave. O estudo baseou-se em três etapas fundamentais. A primeira consistiu na recolha de informação relativa às AAE através de um inquérito que foi endereçado aos municípios, a partir do qual se realizou um diagnóstico das condições de acolhimento empresarial no Ave. A segunda consistiu na realização de uma análise multi-critério às AAE de acordo com 4 parâmetros. (infra-estruturas, serviços, acessibilidades e distâncias). Na análise multi-critério foram considerados vários cenários através da utilização de diferentes pesos. Com os scores dos cenários foi construído um ranking final das AAE. A análise multicritério permitiu identificar os diferentes níveis de atractividade das AAE e antever os ganhos de competitividade decorrentes da realização de certos investimentos. Com base nos resultados, na terceira etapa, formulou-se uma proposta de estruturação em rede das AAE do Ave baseada em três níveis: regional, supra-municipal e municipal. A estruturação em rede das AAE do Ave afigura-se como uma medida crucial para superar várias debilidades, tais como a difusão, a falta de dimensão crítica e a ausência de uma gestão integrada das AAE.
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/18214
Publisher versionwww.apdr.pt
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:C-TAC - Comunicações a Conferências Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
APDR2010-Paper1073.pdfArtigo completo629,74 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID