Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/18101

TitleOs desafios dos média sociais na comunicação organizacional : a emergência do Facebook como ferramenta de comunicação
Author(s)Neto, Ivo Emanuel Campos Machado
Advisor(s)Ruão, Teresa
KeywordsIdentidade
Cultura
Média sociais
Facebook
Capital social
Identity
Culture
Social media
Issue date2011
Abstract(s)As novas tecnologias de informação desenvolvidas nas últimas décadas, e fortemente influenciadas pela internet, são portadoras de uma grande potencialidade, contribuindo fortemente para a constante mutação da nossa sociedade. Desde o início da década de 1980, Toffler e Castells foram dois dos autores que anunciaram que as transformações em curso estão a levar a uma nova estruturação da sociedade, uma nova sociedade de comunicação mediada pelas recentes tecnologias de informação. Estas possibilitam a passagem do ser humano para um novo estágio de liberdade. As ferramentas de informação permitem uma ligação directa entre os elementos de comunidades sociais. A internet surge como uma forte oportunidade de eliminar as barreiras existentes entre as organizações e os seus públicos-alvo. O utilizador assume cada vez mais um papel activo na construção da realidade, deixando apenas de receber informação, assumindo também um papel de criador. Este actor que, num contexto unidireccional da informação apenas detinha o papel de receptor, agora quer contribuir para os novos produtos, com novas ideias, ou obter uma rápida resposta quando algum aspecto está errado. Se os responsáveis das empresas conseguirem gerir com sucesso esta nova realidade, os consumidores serão um veículo voluntário de comunicação – propagando as vantagens da empresa aos seus contactos. É neste espaço que se começam a desenvolver novos sistemas de negócio, de inovação e mudanças no metabolismo de trabalho e no compromisso com os clientes. Quando são abordadas as redes sociais temos obrigatoriamente de referir o Facebook. Criado em 4 de Fevereiro de 2004 por Mark Zuckerberg e Eduardo Saverin é a mais poderosa rede social e apresenta números impressionantes. Existem mais de 500 milhões de perfis activos no Facebook e mais de 50% dos membros registados utilizam a plataforma pelo menos uma vez por dia. Deste modo, vamos procurar de seguida compreender as implicações que a emergência dos média sociais, especialmente o Facebook, têm no processo de comunicação organizacional. Como em todos os avanços tecnológicos vivenciados ao longo do tempo, vários são os desafios que os utilizadores destas novas ferramentas irão enfrentar. As consequências que este novo desafio pode causar em noções como identidade e cultura e a introdução de novos conceitos como o capital social, são problemas que serão postos em causa nos próximos capítulos.
The new communication technologies developed in the last decades, and highly influenced by Internet, are carrying an enormous potential, contributing for mutations in our society. Since the beginning of 80’s, Tofler and Castells, were two authors who have announced that ongoing transformations would promote a new society structuration, a communication society mediated by recent information technologies that would make it possible for the human being to transform and achieve a new stage of freedom. These information tools allow a direct connection between people in social communities. Internet happens to be a strong opportunity to open the gates between organizations and their publics. The user is increasingly assuming an active role in reality construction. This actor, who used to have only the opportunity to receive information, during the unidirectional reality of communication, wants to be part of new product´s creation with new ideas and is demanding a quick answer when something is not correct. If companies can manage in a properly way this new reality, consumers will be a voluntary communication channel – spreading the benefits to their contacts. New business strategies, changes in metabolism work, innovation and commitment with clients are being developed at this new level. When we talk about social networks it is almost a demand to refer Facebook. This social network created in 4th of February, during 2004, by Mark Zucherberg and Eduardo Saverin is the most powerful one and is associated with really impressive numbers. There are more than 500 millions of active profile users and more than 50% of their members use this platform at least, once a day. In this way, we will attempt to understand the implications caused by social networks, especially Facebook, in organizational communication. As it used to happen in all technological advances over time, there are a lot of challenges coming to users of these new tools. The consequences coming from this challenge in notions as identity and the introduction of new concepts like social capital, are problems studied in the next chapters.
TypeMaster thesis
DescriptionRelatório de estágio de mestrado em Ciências da Comunicação (área de especialização em Publicidade e Relações Públicas)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/18101
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
CECS - Dissertações de mestrado / Master dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ivo Emanuel Campos Machado Neto.pdf3,85 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID