Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/17600

TitleAdesão ao regime terapeutico das pessoas com insuficiência renal crónica: contributo dos enfermeiros
Author(s)Machado, Maria Manuela Pereira
Braga, Maria de Fátima Dias
Melo, Maria Manuela da Silva
Gomes, Lisa Alves
Candeias, Analisa
KeywordsAdesão ao regime terapeutico
Enfermeiros
Adherence to treatment
Nurses
Issue date2010
PublisherUniversidade Católica Portuguesa
Abstract(s)A adesão ao regime terapêutico (RT) é um foco de atenção dos enfermeiros, com particular relevância na gestão das doenças crónicas. A não adesão representa um enorme peso nos gastos com a saúde e tem um grande impacto na qualidade de vida das pessoas e na economia mundial (WHO, 2003; Bugalho & Carneiro, 2004). Esta pesquisa teve por finalidade explorar o fenómeno da adesão ao RT das pessoas com Insuficiência Renal Crónica (IRC), com o objectivo de conhecer as suas representações sobre o papel dos enfermeiros no tratamento e no seu comportamento de adesão. De acordo com a percepção dos participantes, os enfermeiros não contribuem para a adesão, atribuindo toda a responsabilidade, no que se refere à adopção de comportamentos de adesão, a si próprios e à família; destaca-se a ausência de acções de educação/ensino sobre as vantagens de aderir ao tratamento e o facto de a intervenção dos enfermeiros consistir no esclarecimento de dúvidas.
Adherence to treatment in long term therapies is a focus of nurse’s attention, with particular relevance in the management of chronic diseases. Non-adherence is a huge burden on health spending and has a major impact on quality of life and the world economy (WHO, 2003; Bugalho & Carneiro, 2004). This research aimed to explore the phenomenon on people with Chronic Renal Failure, in order to meet their representations about the role of nurses in treatment and their adherence behavior. According to participants' perceptions, nurses do not contribute to the membership, with full responsibility, as regards the adoption of compliance behaviors, themselves and their families, there is the absence of educational and teaching about the advantages of adhering to treatment and the fact that the assistance of nurses consist of answering questions.
TypeAbstract
URIhttp://hdl.handle.net/1822/17600
Peer-Reviewedyes
AccessOpen access
Appears in Collections:ESE-CIE - Comunicações / Communications

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adesão ao regime terapêutico da pessoas com IRC contributo dos enfermeiros.pdfresumo214,11 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID