Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/16569

TítuloPTSD, psicopatologia e tipo de familia em veteranos de Guerra Colonial Portuguesa
Autor(es)Pereira, M. Graça
Pedras, Susana
Lopes, Cristiana
Pereira, Marta
Machado, José Cunha
Palavras-chavePTSD
Psicopatologia
Tipo familia
Veteranos Guerra
Data2010
EditoraCentro de Psicologia Aplicada do Exército
RevistaRevista de Psicologia Militar
Resumo(s)Passados mais de 30 anos, após a Guerra Colonial Portuguesa, poucos dados existem acerca da prevalência de perturbações psicológicas crónicas resultantes dessa vivencia na guerra colonial. Nesse sentido, o objectivo deste estudo consistiu na avaliação do diagnóstico de PTSD, psicopatologia e funcionamento familiar em 230 veteranos de guerra colonial. Os instrumentos utilizados foram a Escala de Avaliação da Resposta ao Acontecimento Traumático (EARAT), Brief Symptoms Inventory (BSI) e Family Adaptability Cohesion Evaluation Scale (FACES Ill) nas suas versões portuguesas. Os resultados demonstraram que 39.5% preenchiam os critérios de diagnóstico de PTSD, 81% apresentavam Perturbação emocional e 72% pertenciam a famílias com elevado grau de disfuncionamento familiar (tipo extremas). Os resultados revelam a importância de programas de intervenção eficazes dirigidos ao veterano e família.
Tipoarticle
URIhttp://hdl.handle.net/1822/16569
Arbitragem científicano
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:CIPsi - Artigos (Papers)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PTSD e Veteranos.pdfPTSD e Veteranos de Guerra4,02 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis