Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/16079

TitleDa Praça para o mundo : um olhar sobre o público das manhãs da RTP
Author(s)Correia, Francisca Lucinda de Oliveira Fidalgo e Pinho
Advisor(s)Pereira, Sara
Issue date2011
Abstract(s)Este trabalho surge na sequência dos três meses de estágio na Rádio e Televisão Portuguesa (Porto), ao longo dos quais contactei de muito perto com a produção e realização do programa Praça da Alegria, emitido de 2ª a 6ªfeira, entre as 10h e as 13h, na RTP1. O programa Praça da Alegria preenche as manhãs da RTP há já 16 anos mantendo um público fiel. Actualmente, a luta pelas audiências é travada principalmente com o congénere da TVI, Você na TV!, que no inicio de 2010 ultrapassou o Praça e o talk-show da SIC (Companhia das Manhãs), sendo que este último foi líder incontestável das manhãs desde 1999. Segundo as audiências do último ano o Praça da Alegria, contando com uma década e meia de emissões, voltou em grande em Outubro de 2010, relegando para segundo lugar o programa de Manuel Luís Goucha. É evidente a importância de todas as estratégias desenvolvidas pelas equipas que se organizam por detrás das câmaras para cativar o público, contudo, este protagoniza um papel igualmente relevante. Anne Rey, citada por Patrick Besenval (S/D: 45) afirma que «"sondar a qualidade" de uma emissão é constatar de imediato a relatividade dos gostos». É através da medição das audiências de determinada emissão que podemos aferir se o programa é do agrado do público ou não. Um programa sem público perde parte do sentido, uma vez que cada programa é pensado e desenvolvido mediante um perfil do público que se pretende prender ao ecrã. Com o passar do tempo, foi-se tornando cada vez mais importante a escolha do público, mesmo que isso signifique adaptar as ideias aos gostos daqueles a quem se destina o programa. Mas as audiências escondem aspectos importantes da relação do público com uma determinada emissão. Tendo como base estes pressupostos, este trabalho pretende identificar e analisar as motivações e interesses que levam os portugueses a assistir a este talk-show matinal e verificar se os telespectadores residentes no estrangeiro partilham as mesmas motivações e interesses pelo programa que os telespectadores residentes no país. Atendendo a que em 2010 o Praça da Alegria ingressou no mundo das redes sociais, criando uma página no Facebook que se tem revelado um poderoso meio de contacto com os fãs desta praça que anima as manhãs, e que uma parte dos seus 'amigos' está espalhada pelos quatro cantos do mundo, este trabalho pretende também analisar o interesse e objectivos da presença do programa naquela rede social e compreender a importância que o público atribui a esta ligação da praça para o mundo.
This work follows on the three-month work experience in RTP (Porto), where I contacted closely with the production and direction of Praça da Alegria, a Portuguese talk-show that occupies the morning of RTP, from Monday to Friday, keeping a loyal public. Currently, the fight for audience is mainly fought with the counterpart TVI (Você na TV!), that has exceeded Praça da Alegria and Companhia das Manhãs (talk-show of SIC) and has been leader since early 2010. Being this one, the talk-show of SIC an undisputed leader since 1999. However, according to audiences of the last year, Praça da Alegria, completing a decade and half of emissions, had a great return in October 2010, relegating to second place Manuel Luís Goucha‟s talk-show. It is clear the importance of all the strategies to captivate a public developed by the teams organized behind the cameras. However, the public has an important role too. Anne Rey, quoted by Patrick Besenval (S/D: 45) states that "probe the quality of a broadcast is to see immediately the relativity of tastes”. It is by measuring the audience of a particular broadcast that we can assess whether the program is appreciated by the public or not. A program without public loses part of this meaning, since each program is designed and developed by a public profile that would be connected to the screen. Over time, the interests of the public have become increasingly important, even if it means adapting the ideas to the tastes of those to whom is the program. But audiences hide important aspects of the relationship of the public with a particular broadcast. Based on these assumptions, this paper aims to identify and analyze the motivations and interests that lead the portuguese public to watch this morning talk show. It also aims to check if the viewers living abroad share its interests and motivations for the program with the viewers that live in the country. Given that in 2010 Praça da Alegria joined the world of social networks, creating a Facebook page, which has proved a powerful way of contact with fans of talk-show, and that part of their 'friends' is scattered to the four corners of the world, this work also aims to analyze the interests and objectives of the presence of this talk-show on the social network and understand the importance the public attaches to this link between the program and the world.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Ciências da Comunicação (área de especialização em Audiovisual e Multimédia)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/16079
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CECS - Dissertações de mestrado / Master dissertations

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Francisca Lucinda de Oliveira Fidalgo e Pinho Correia.pdf
  Restricted access
8,73 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy!

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID