Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/16

TitleRegras para a transformação de um modelo conceptual orientado ao objecto num esquema de bases de dados relacional
Author(s)Gonçalves, José Manuel de Araújo Martins
Advisor(s)Carvalho, João Álvaro
Issue date1996
Abstract(s)A modelação conceptual é um passo essencial no processo de construção de uma base de dados. Das várias técnicas de modelação possíveis, abordagem orientada ao objecto é a que, nos dias de hoje, mais interesse desperta. A sua característica principal consiste na identificação dos objectos relevantes para o sistema, seus relacionamentos, interacções e operações. Por outro lado, na tecnologia de bases de dados, o modelo relacional é o mais popular. Além da sua simplicidade e eficácia para a maior parte dos problemas, é também onde já existe uma estabilidade na tecnologia. Isto reflecte-se numa maior oferta de mercado. A tecnologia da base de dados teve como antecedente, os sistemas de ficheiros, onde os dados e os processos constituíam uma aplicação, agrupando-se numa única unidade lógica. Na evolução para as bases de dados, houve uma separação entre os dados e as aplicações, onde os processos ficam separados dos dados, com todas as vantagens desta aproximação. Os sistemas de bases de dados mais recentes evoluíram no sentido de permitirem armazenar, para além de dados, também operações, que podem ser utilizadas nas aplicações da base de dados. O objectivo deste trabalho é identificar, experimentar e definir um conjunto de regras que permita transformar uma modelo conceptual orientado ao objecto num modelo relacional genérico, aproveitando as características mais recentes dos sistemas de bases de dados, que permitem armazenar além dos dados, também os processos. As regras permitem transformar as estruturas, os relacionamentos e todas as classes existentes num modelo orientado ao objecto, em relações genéricas, onde também são definidas as características essenciais relacionadas com o modelo relacional. Com as novas características dos SGBD's também são definidas regras para a definição e posterior armazenamento das operações associadas aos objectos. Para a validação de todas as regras definidas, foi usado um caso prático. Neste exemplo usou-se um problema académico para a construção de um modelo conceptual 00, ao qual foram aplicadas as regras anteriormente definidas. Na implementação prática do modelo relacional abstracto resultante da aplicação das referidas regras foi usado o SGBD Oracle 7. Como resultado, para além de verificar a aplicabilidade das referidas regras, foram registadas as dificuldades e definido um conjunto de sugestões a usar num processo destes, de modo a permitir uma mais simples e eficaz implementação do modelo.
The conceptual modelling constitutes an essential step in the process of a database construction. Nowadays, the object oriented analysis is the most interesting of the modelling approaches. The main feature of this approach consist in identifying the relevant objects of the system, their relationships, interactions and operations. On the other hand, in what concerns to database technology, the relational model is the most popular. Besides its simplicity and efficiency for most problems, the technology that supports the use of the relational model has already some stability. This is reflected in a greater offer in the market. The database technology was preceded by the file systems, where data and processes formed an application, thus grouped in a single logic unit. In the evolution to the databases there was a separation between data and applications, separating processes from data, bringing all the advantages associated to this approach. The most recent database systems evolved making it possible, to store not only data but also operations, that can be used in database applications. The goal of this work is to identify, experiment and define a set of rules that support the translation from an object oriented conceptual model into a generic relational model, taking advantage of the features of the most recent database systems, which allow to store processes besides data. The rules allow to translate the structures, the relationships and all the existing classes in an object oriented model into generic relations, that also define the main features associated to the relational model. With the new features of the SGBD, rules are also defined for the definition and subsequent storage of the operations associated to the objects. To validate all the defined rules, a real example was considered. In this example an academic problem was used to construct an object oriented conceptual model to which the rules defined previously have been applied. SGBD Oracle 7 was used to implement the relational model obtained with the application of the referred rules. As a result of this work, the applicability of those rules was verified. The difficulties associated to the process were registered and a set of suggestions to be used in such a process were defined to allow a more simple and efficient implementation of the model
TypeMaster thesis
URIhttp://hdl.handle.net/1822/16
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
DI/CCTC - Dissertações de Mestrado (master thesis)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Mestrado JMG-F1399.pdf797,72 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID