Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/15947

TitleO quadrilátero urbano do Minho: há espaço para as políticas públicas?
Author(s)Carballo Cruz, Francisco
KeywordsDesenvolvimento endógeno
Políticas regionais
Quadrilátero urbano
Issue date2011
PublisherPrincipia Editora
Abstract(s)Tradicionalmente as políticas de base territorial não têm sido bem sucedidas em Portugal. O incremento da competição em espaços progressivamente mais alargados e as assimetrias e desequilíbrios daí derivados justificam intervenções de política pública com uma forte componente territorial. A perspectiva endógena do desenvolvimento territorial preconiza a mobilização dos recursos locais para a implementação de políticas regionais e urbanas sustentáveis, que valorizem o potencial do território, tornando-o uma fonte de competitividade para as empresas. O Minho Interior, no noroeste de Portugal, tem vindo a perder competitividade territorial nas últimas duas décadas, como consequência da incapacidade de auto-organização dos agentes regionais. Neste estudo de caso argumenta-se que a existência de políticas regionais bem concebidas, como por exemplo a denominada Política de Ciades Polis XXI, pode contribuir decisivamente para desencadear processos de concertação à escala regional destinados a definir e implementar estratégias de desenvcolvimento seguindo uma aproximação bottom-up. Neste tipo de políticas, o Estado, ao organizar e animar um conjunto de agenstes territoriais, está a fornceder um bem público, que, na maioria dos casos, émuito mais valioso que os subsídios desenquadrados que durante muito tempo forma o elemento central da política de desenvolvimento regional em Portugal.
TypeBook part
URIhttp://hdl.handle.net/1822/15947
Peer-Reviewedyes
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:NIPE - Livros e Capítulos de Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O Quadril.pdf
  Restricted access
O Quadrilátero Urbano do Minho: Há espaço para as políticas públicas?163,01 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID