Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/15895

TitleAuto-avaliação do desempenho docente: das concepções às práticas
Author(s)Carvalho, Esmeralda Maria Rodrigues de
Morgado, José Carlos
KeywordsAuto-avaliação do desempenho
Práticas docentes
Desenvolvimento profissional
Issue dateNov-2011
PublisherUniversidade do Minho. Centro de Investigação em Educação (CIEd)
Abstract(s)A avaliação em educação, e em particular a avaliação do desempenho docente, tem vindo a ganhar uma progressiva centralidade no debate educativo dos últimos tempos. Frequentemente associada à melhoria do sistema educativo, a avaliação aparece como que imbuída da capacidade de resolver todos os problemas que afectam as escolas, os alunos e os professores. Assim se compreende que a avaliação do desempenho seja percepcionada como um procedimento inevitável e até desejável. Nesse processo, a auto-avaliação do desempenho assume um papel crucial pois permite que o professor detecte e tome decisões sobre os pontos fortes e fracos da sua prática pedagógica, dando-lhe oportunidade de implementar estratégias de melhoria e enriquecimento profissional. O texto que a seguir se apresenta dá conta de um projecto de investigação, desenvolvido após a implementação do novo sistema de avaliação do desempenho docente em Portugal, através do qual se procurou conhecer as percepções sobre auto-avaliação dos docentes de um agrupamento de escolas, averiguar que práticas de auto-avaliação desenvolvem, ou não, no seu dia-a-dia e verificar se tais práticas são reconhecidas como uma mais-valia em termos de desenvolvimento profissional ou se, pelo contrário, se limitam ao cumprimento de uma mera formalidade legal. Para o efeito, delineou-se uma estratégia metodológica de investigação circunscrita à aplicação de um questionário, à realização de entrevistas a vários professores do agrupamento e a uma análise documental. Os resultados obtidos permitem-nos concluir que os docentes consideram a auto-avaliação um procedimento fundamental na avaliação do seu desempenho e que permite efectuar uma análise reflexiva acerca da sua própria actuação. Além disso, asseguram que a auto-avaliação faz parte de um processo de aprendizagem ao longo da vida, que facilita o seu desenvolvimento profissional. No entanto, pudemos constatar que, apesar da importância reconhecida a este procedimento, as práticas de auto-avaliação se encontram ainda numa fase embrionária circunscrevendo-se, quase exclusivamente, a momentos específicos de avaliação (final do ano lectivo) ou a momentos definidos por lei (progressão na carreira).
Educational assessment, particularly teacher’s performance assessment, has become a central issue in the educational area. Frequently associated to an improvement in the educational system, it seems to be able to solve all the problems affecting schools, students and teachers. Teacher’s competence assessment is thus understood as an inevitable or even desirable procedure. In this process, self-evaluation plays a crucial role as it allows teachers the recognition of strong and weak areas in their teaching practice, and this empowers educators to take suitable decisions regarding the improvement and enhancement of their professional skills. The following text presents a research project developed after the new Portuguese teacher’s practice assessment system was implemented. The aim of the research was to know teachers’ self-assessment perceptions, find out everyday self-assessment practices (if any) and understand whether those practices are assumed as powerful professional tools or merely legal requirement. The research methodology included a questionnaire, interviews and documental analysis.The results show that teachers consider self-evaluation as a fundamental procedure in their practice’s assessment, allowing a reflexion over their own performance. Moreover, teachers state that self-evaluation is part of a lifelong learning process, enhancing professional development. Nevertheless, we were allowed to conclude, also, that self-assessment practices are still undeveloped, corresponding almost exclusively to specific evaluation moments (the end of the school year) or to moments required by the legal system (career progression).
TypeConference paper
URIhttp://hdl.handle.net/1822/15895
Peer-Reviewedno
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:CIEd - Textos em volumes de atas de encontros científicos nacionais e internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Auto-avaliação do desempenho docente das concepções às práticas.pdf
  Restricted access
Documento principal75,77 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID