Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/13873

TitleO ensino doméstico e a organização escolar: um contributo sociológico-organizacional sobre a realidade portuguesa
Author(s)Ribeiro, Álvaro Manuel Chaves
Advisor(s)Palhares, José Augusto
Issue date2010
Abstract(s)A partir de um enfoque sociológico-organizacional, com o intuito de compreender o homeschooling enquanto fenómeno enquadrável nas lógicas de privatização do ensino, o autor reflecte criticamente acerca da Escola e da sua propalada crise ao longo dos vários tempos genésicos, em função das transformações sociais ocorridas e em ocorrência. Desembocando nas políticas de livre-escolha das instituições escolares e no modo alternativo de escolarização “escola em casa”, o autor debate as políticas educativas concernentes ao impacto da ideologia da parentocracia. Neste sentido, a dissertação evoluiu para a contextualização histórica do homeschooling, no que respeita às suas especificidades e dinâmicas face à organização educativa escolar convencional, procurando compreender as ordens situadas a diferentes níveis administrativos que o interpenetram, quer no panorama internacional, quer no quadro da realidade portuguesa. Metodologicamente, constroem-se perguntas de investigação sobre o ensino doméstico em Portugal, categorizando-as segundo as relações que aquele estabelece com a escola convencional, com as várias famílias e organizações de apoio e com a sociedade em geral. Neste percurso metodológico, o autor enceta um diálogo heurístico com as diversas abordagens teóricas da análise sociológica das organizações educativas. Situando-se no pólo alternativo/construtivista, propõe-se um quadro teórico de referência, de alcance multidimensional, simultaneamente sinalizador da realidade investigada e igualmente problematizador das dimensões sociologico-organizacionais que classicamente são avocadas para a compreensão das organizações educativas. Segue no caminho de um estudo de caso – variante multicasos – recolhendo informações junto de duas organizações de apoio e de cinco famílias. Utiliza técnicas de pesquisa não–documentais e procede à análise documental de fontes escritas não-oficiais, oficiais públicas e privadas. Depois de reflectir criticamente sobre a metodologia accionada, o autor conclui que o ensino doméstico conduz ao questionamento do modo de funcionamento do modelo de organização escolar convencional, impossibilita a instauração de “narrativas partilhadas e culturas de diálogo” e a construção de uma base comum e recíproca de conhecimentos, de comportamentos, de atitudes, de valores, de doutrinas, entre os membros da sociedade. No ensino doméstico vivem-se processos e elementos de gestão diferenciados, passíveis de serem compreendidos à luz dos vários modelos e perspectivas, não obstante este fenómeno educativo encerrar possibilidades de emergência de uma nova abordagem teórica para além das fronteiras da Escola como organização.
From a sociological and organizational emphasis, aiming to comprehend homeschooling as a phenomenon that falls within the scope of the privatisation of teaching, the author critically reflects on school and its much-divulged crisis over the several genesical times according to the social transformations occurred and still occurring. Leading to the free-choice politics of the teaching institutions and to the alternative schooling mode – homeschooling – the author debates the educational politics related to the impact of parentocracy ideology. In this sense, the dissertation evolved into the homeschooling historical contextualization, regarding its specifications and dynamics in view of the conventional educational organization of schools, trying to understand the orders coming from different administrative levels that encroach it, whether in the international scene or in the realm of the Portuguese reality. Methodogically, some investigation questions about homeschooling in Portugal have been raised, categorizing them according to the relations that they establish with the conventional school, the families and supporting organizations, and with the society in general. In this methodological line, the author begins a heuristic dialogue with the different theoretical approaches of the sociological analysis of educational organizations. Placing itself in the alternative/constructivist approach, he proposed a reference theoretical framework, of multidimensional reach, simultaneously indicative of investigated reality and also a way to put in doubt the sociological and organizational dimensions which are classically seized for a better understanding of the educational organizations. Following in the path of a case study – multicase variant – gathering information from two supporting organizations and five families, he uses non-documental research techniques and proceeds from a documental analysis of unofficial written sources, public and private official sources. After reflecting critically on the used methodology, the author concludes that homeschooling leads to questioning the functioning mode of the conventional model of educational organization of schools, making it impossible to establish “shared narratives and dialogue cultures” and building a common and mutual ground of knowledge, behaviours, attitudes, values, and doctrines amongst the members of our society. With homeschooling we experience different processes and management elements, capable of being understood in the light of the various models and perspectives, even though this educational phenomenon holds the possibility of emerging a new theoretical approach beyond the scope of the school as organization.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Administração Educacional)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/13873
AccessRestricted access (UMinho)
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado
CIEd - Dissertações de Mestrado em Educação / MSc Dissertations in Education

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Álvaro Manuel Chaves Ribeiro.pdf
  Restricted access
3,09 MBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID