Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/1822/13700

TítuloRadioactividade de águas subterrâneas em terrenos cristalinos : caso de estudo na região de Ponte de Lima (Noroeste de Portugal)
Autor(es)Mendes, Luís
Orientador(es)Lima, Alberto da Silva
Data2010
Resumo(s)O radão é um gás radioactivo que não tem cor, cheiro ou sabor e é solúvel em água. Resulta do decaimento radioactivo do urânio e do rádio, elementos que estão presentes de forma natural no solo e nas rochas. Estima-se que, depois do fumo do tabaco, o radão seja o maior responsável pelo cancro do pulmão. Uma pessoa exposta, ao longo da sua vida, a 400 Bq/m3 deste gás tem o dobro das hipóteses de vir a sofrer da referida doença, sendo o risco ainda maior para os fumadores. Regra geral, as concentrações de radão na atmosfera são baixas, mas em ambientes fechados podem atingir níveis preocupantes. Assim, a exposição humana ao gás varia em função da zona do país, das condições climatéricas e dos hábitos das populações. Por exemplo, no Inverno, como as casas são menos arejadas, a concentração do referido gás pode ultrapassar o dobro dos valores encontrados no Verão. A água subterrânea tem uma maior concentração de radão do que a água de superfície, uma vez que as concentrações na atmosfera são baixas. Além disso, quando atingem a superfície, as águas subterrâneas vão perdendo radão para a atmosfera. Este trabalho tem como finalidade avaliar as concentrações de radão nas águas subterrâneas da região de Ponte de Lima, uma das áreas de Portugal Continental com maior taxa de exposição à radiação gama. Pretende-se também identificar os factores envolvidos na variabilidade espacial das concentrações de radão. Os dados obtidos mostram uma grande dispersão, com valores de radão situados entre 9 Bq/L e 1164 Bq/L. As concentrações mais elevadas correspondem a amostras localizadas em substrato granítico, mais concretamente num granito de grão médio ou fino a médio. Além disso, estas amostras parecem estar associadas a circuitos subterrâneos condicionados por facturação ENE-WSW sub-paralela ao acidente que controla em termos gerais o rio Lima. Não se verificaram correlações significativas entre os parâmetros radiológicos e físico-químicos globais.
Radon is a radioactive gas that has no color, smell or taste and is soluble in water. It follows from the radioactive decay of uranium and radium, elements that are naturally present in soil and rocks. It is estimated that after the tobacco smoke, radon is mainly responsible for lung cancer. A person exposed throughout his life, 400 Bq/m3 this gas has twice the chance of suffering from the disease, the risk being even greater for smokers. Generally, concentrations of radon in the atmosphere are low, but indoors can reach alarming levels. Thus, human exposure to gas varies depending on the area, weather conditions and habits of populations. For example, in winter, as the houses are less ventilated, the concentration of that gas can reach more than double the values found in summer. Groundwater has a higher concentration of radon than surface water, since concentrations in the atmosphere are low. Moreover, when it reach the surface, groundwater will lose radon to the atmosphere. This study aims to evaluate the radon concentrations in groundwater of the Ponte de Lima region, one of the areas of mainland Portugal with a higher rate of exposure to gamma radiation. Another aim is to identify the factors involved in the spatial variability of groundwater radon concentration. The data show a large scatter, with values of radon situated between 9 Bq / L and 1164 Bq / L. The highest concentrations belong to samples located on granitic rock, namely a medium or fine to medium grained granite. Moreover, these samples appear to be associated with ENE-WSW fractures sub-parallel to the major fault that controls the Lima River. There were no significant correlations between radiological and physicochemical parameters.
TipomasterThesis
DescriçãoDissertação de mestrado em Ordenamento e Valorização de Recursos Geológicos
URIhttp://hdl.handle.net/1822/13700
AcessoopenAccess
Aparece nas coleções:BUM - Dissertações de Mestrado
CIG-R - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Radioactividade_aguas_subterraneas.pdf5,77 MBAdobe PDFVer/Abrir

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu Currículo DeGóis