Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/13464

TitleCompetências de exploração vocacional de adultos não universitários
Author(s)Silva, Filipa Raquel Fernandes da
Advisor(s)Taveira, Maria do Céu
KeywordsExploração vocacional
Educação e formação de adultos
Adulto não universitários
Issue date1-Oct-2010
Abstract(s)O estudo da exploração vocacional tem decorrido, em grande parte, com grupos de jovens adultos e adultos universitários (c.f. Bardagi & Boff, 2010; Bardagi & Hutz, 2010; Blustein, 1990; Creed, Hood & Patton, 2009; Greenberg & Steinberg, 1986; Stumpf, Colarelli & Hartman, 1983; Taveira, 1997; Teixeira & Gomes, 2005). De forma a contribuir para a conceptualização da exploração vocacional em adultos não universitários, desenvolveu-se um estudo com uma amostra de 300 adultos envolvidos em Processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) e Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA), para obtenção de equivalência ao 6º, 9º e 12º anos de escolaridade, a residirem nos concelhos de Braga, Guimarães e Vizela. Para o efeito, foi adaptada a versão portuguesa (Taveira, 1997) do Career Exploration Survey (CES; Stumpf, Colarelli & Hartman, 1983), uma medida das dimensões comportamentais e cognitivo-motivacionais da exploração vocacional. Os resultados da versão adaptada do CES a adultos não–universitários portugueses sugerem uma consistência interna satisfatória do instrumento, com índices que variam entre 0,60 e 0,88. As médias de resposta obtidas indicam que as crenças acerca da exploração são positivas, que os adultos estão implicados em processos de exploração de si o do meio de forma sistemática e intencional e que, de um modo geral, estão satisfeitos com a informação que possuem sobre o mundo escolar e profissional da exploração e, consequentemente, sentem um nível moderado de stress no processo de exploração.
Research on career exploration has been mostly developed with young adults and college students (c.f. Bardagi & Boff, 2010; Bardagi & Hutz, 2010; Blustein, 1990; Creed, Hood & Patton, 2009; Greenberg & Steinberg, 1986; Stumpf, Colarelli & Hartman, 1983; Taveira, 1997; Teixeira & Gomes, 2005). To contribute to the conceptualization of career exploration among non-college adults, we developed a research with 300 adults involved in official processes of Competencies’ Recognition, Validation and Certification, and in Adults’ Education and Training Courses, to obtain the equivalence to 6th, 9th and 12nd grades certificates, and who were living in the Portuguese regions of Braga, Guimarães and Vizela. For the purpose of this study, the Portuguese version of the Career Exploration Survey (CES; Stumpf, Colarelli & Hartman, 1983; Taveira, 1997) was adapted. This instrument is based on the assumption that a career exploration measure should include indicators of the behavioral and of cognitive-motivational dimensions of that process. The results of the adapted version of CES to Portuguese non-college students suggests satisfactory internal consistency of the measure, with Alpha coefficients ranging between 0,60 and 0,80. The results obtained indicate that the studied adults register positive career exploration beliefs, they are implicated in self and environment exploration, in a systematic and intentional way, and that, in general, they are satisfied with the occupational information acquired, and consequently, feel a moderate amount of anticipated stress with future career exploration activity.
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação mestrado integrado Psicologia (área de especialização em Psicologia Escolar e da Educação)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/13464
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado
CIPsi - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_versão final repositorio.pdfdocumento principal831,84 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID