Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/1822/13461

TitleEducação para a carreira na Educação Pré-Escolar : avaliação da eficácia de uma intervenção de consultoria psicológica
Other titlesCareer education in preschool : study of the efficacy of a psychological consultation intervention
Author(s)Souza, Séli Chaves de
Advisor(s)Taveira, Maria do Céu
KeywordsEducação para a carreira
Consultoria psicológica
Issue date2008
Abstract(s)A carreira tem sido conceptualizada como um processo do ciclo vital com início na infância, evoluindo até à idade adulta e velhice (e.g., Vondracek, Lerner & Schulenberg, 1986). Idealmente, as intervenções vocacionais deveriam iniciar-se precocemente, sendo a idade pré-escolar a faixa etária de eleição para estimular o desenvolvimento naquele âmbito. O presente estudo adopta a perspectiva de Educação para a Carreira, concebida como um “instrumento para proceder a uma ligação mais intencional entre a escola e o trabalho” (Hoyt, 1995, p. 15) que privilegia a infusão curricular e visa avaliar o impacto de uma intervenção de consultoria psicológica no domínio. Com efeito, a literatura tem apontado para a necessidade de realizar estudos de avaliação de eficácia neste âmbito (Huteau, 2001). A presente investigação adoptou um desenho de investigação com pré-teste e pós-teste de modo a avaliar a eficácia de uma intervenção junto do grupo de tratamento (N= 4), alvo da intervenção, e de controlo (N=3), nos quais foram aplicados a um total de sete educadoras de infância, o questionário de avaliação de Necessidades de Formação em Educação para a Carreira para Professores (NEFEC-P, Gomes & Taveira, 1999), de modo a avaliar atitudes, conhecimentos e competências daqueles profissionais relacionadas com a promoção intencional do desenvolvimento da carreira das crianças do jardim-de-infância (N=68). O plano de intervenção constituiu numa acção de consultoria psicológica, desenvolvida ao longo de três sessões, baseada nos modelos comportamental e organizacional. No pré-teste, constatou-se que o grupo de controlo apresenta valores mais elevados nas dimensões do NEFEC-P do que no grupo tratamento, sendo as diferenças estatisticamente significativas apenas no factor consciência acerca da relação entre aprendizagem/ensino e carreira (z= -2.14, p< .05). Isto é, os dois grupos são parcialmente equivalentes. Os resultados do pós-teste revelaram melhorias no grupo de tratamento nas dimensões avaliadas pelo NEFEC-P, embora as diferenças não sejam estatisticamente significativas. Comparando os grupos de controlo e de tratamento, os resultados obtidos no pós-teste, apontam para resultados mais elevados no grupo alvo da intervenção, nas três dimensões do NEFEC-P. Contudo, as diferenças são estatisticamente significativas unicamente no que concerne à dimensão crenças e atitudes face a processo de Orientação Vocacional (z= -2.12, p< .05). Por sua vez, os resultados da avaliação do processo oferecem pistas de intervenção futura, nomeadamente, a necessidade de apostar em intervenções prolongadas, a importância de integrar os pais, a comunidade e elementos da gestão e direcção das instituições de ensino nas acções de sensibilização no domínio da Educação para a Carreira, bem como a necessidade de fomentar sentimentos de auto-eficácia junto dos participantes com o intuito de concretizar a implementação de actividades de desenvolvimento vocacional em contexto escolar. Por último, são de mencionar algumas limitações inerentes ao estudo exploratório apresentado, nomeadamente, a necessidade de aumentar o número de participantes, bem como as diferenças de idade e de estatutos de desenvolvimento da carreira entre os grupos de controlo e de tratamento que poderão estar na origem das dificuldades de implementação dos objectivos de carreira definidas pelas educadoras do grupo de tratamento durante a intervenção.
Career has been conceptualized as a long life process that begins in childhood progressing to adulthood and old age (e.g., Vondracek, Lerner & Schulenberg, 1986). Ideally, vocational interventions should be developed as soon as possible, that is, in children at pre-school ages. The present study adopts the Career Education perspective, defined as an “instrument of effective and intentional school-work bonding (Hoyt, 1995, p. 15) that emphasized curricular infusion and analyzes the impact of a consultation intervention in this domain. In fact, the literature argues to the importance of developing studies that analyse the efficacy of career education interventions (Huteau, 2001). The investigation adopts an investigation design, with pre- and post intervention evaluation, and with a treatment group (N=4) and a control group (N=3), in which seven pre-school teachers completed the Career Education Training Needs Assessment Questionnaire-Teachers version (CETNAQ-T, Gomes & Taveira, 1999). This instrument assesses attitudes, knowledge and competencies of pre-school teachers in respect to intentional promotion of their pre-school children’s career development (N=68). The intervention was a psychological consultation, with three sessions, based on the behavioural and organizational consultation models. In pre-test moment, the control group evidences higher results than the treatment one, in the three factors of the CETNAQ-T: Interfaces between Learning and Career Education, Career Education Competencies, and Beliefs and Attitudes towards Career Guidance. However, these differences were statistically significant in the Interfaces between Learning and Career Education factor (z= -2.14, p< .05). Consequently, the groups were partially equivalent. In the post-test moment, the treatment group demonstrates better results in the three CETNAQ-T factors, despite the fact that these differences were not statistically significant. By the other side, the differences of the treatment group and the control one, in the post-test moment, showed higher results in the former group in the three CETNAQ-T dimensions although these differences were only statistically significant in the Beliefs and Attitudes towards Career Guidance factor (z= -2.12, p< .05). Moreover, the analysis of the consultation process evaluation data suggests the necessity to invest in long-time carer development interventions rather than in brief and remedial ones, and evidences the importance of involving the school administration staff in career education strategies, as well as the role of parents and community in this process. Also, it seems also evident the necessity to foster educators career education self-efficacy feelings, in order to stimulate the implementation of career development activities in school context. Finally, it is worthwhile to mention some of the limitations of this exploratory study, specifically, the reduced number of participants involved, as well as, the age and career development status differences between the treatment and control groups. Theses aspects could, eventually, explain the participants’ difficulties to implement career objectives delineated in the intervention plan
TypeMaster thesis
DescriptionDissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Escolar e da Educação)
URIhttp://hdl.handle.net/1822/13461
AccessOpen access
Appears in Collections:BUM - Dissertações de Mestrado Integrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese séli final.pdfDocumento principal493,82 kBAdobe PDFView/Open

Partilhe no FacebookPartilhe no TwitterPartilhe no DeliciousPartilhe no LinkedInPartilhe no DiggAdicionar ao Google BookmarksPartilhe no MySpacePartilhe no Orkut
Exporte no formato BibTex mendeley Exporte no formato Endnote Adicione ao seu ORCID